Aviso de cookies

Por meio de cookies próprios e de terceiros, coletamos informações para fornecer melhores serviços a todos os usuários. Compilamos informações estatísticas sobre a sua navegação para mostrar uma publicidade que tenha relevância com seus hábitos de navegação. Sempre que quiser, poderá desativar os cookies do seu browser. Se continuar navegando, consideramos que aceita os termos da política de utilização de cookies.

text.compare.title

text.compare.empty.header

Notícias

 
Crédito: Shutterstock.com

 

Você é afiado em história? Então será que poderia enumerar os 10 acontecimentos mais importantes na história da América Latina? O passado conturbado e o presente complexo da nossa região é explicado basicamente por alguns eventos desde a invasão europeia até os dias de hoje. É praticamente impossível classificá-los em ordem de importância, por isso eles estão organizados cronologicamente.

 

» Mapeamos o Enem: o que cai na prova de história
» Os blogs que ensinam história para estudantes
» Os 8 ditadores mais marcantes da América Latina

 

 

Confira os 10 acontecimentos mais importantes da América Latina

10 acontecimentos mais importantes da América Latina - 1. Tratado de Tordesilhas (1493-1494)

O Tratado de Tordesilhas dividiu as terras "descobertas e por descobrir" entre o Reino de Portugal e o Reino da Espanha. O tratado definia como linha de demarcação que tudo a leste de 370 léguas do arquipélago de Cabo Verde pertencia a Portugal e tudo a oeste, à Espanha. Com essa configuração, Portugal ficaria com uma porção de terras a leste da América do Sul, o que seria, mais tarde, o Brasil.

 

 

10 acontecimentos mais importantes da América Latina - 2. Conquista dos Impérios Asteca e Inca

Depois da "descoberta" do Brasil, a Espanha logo percebeu que este era um lugar vantajoso para ser explorado. Apenas duas coisas estavam em seu caminho: os Impérios Asteca (no México) e o Inca (no Peru). Impiedosos conquistadores e suas tropas europeias realizaram esse objetivo, abrindo caminho para a dominação espanhola e a escravidão e marginalização dos nativos do Novo Mundo.

 

 

10 acontecimentos mais importantes da América Latina - 3. Independências (1806-1898)

Usando a invasão napoleônica da Espanha como desculpa, a maior parte da América Espanhola declarou independência em 1810. Em meados de 1825, o México e a América Central e do Sul já estavam independentes. O Brasil se atrasou um pouco no processo e foi o único a continuar como uma monarquia entre seus vizinhos. Com a Espanha e Portugal fora de cena, as jovens nações estavam livres para encontrar seu próprio caminho, um processo que, no entanto, foi difícil e muitas vezes doloroso.

 

 

10 acontecimentos mais importantes da América Latina - 4. A Guerra Mexicano-Americana (1846-1848)

Ainda reinvidicando a perda do Texas uma década atrás, o México entrou em guerra com os Estados Unidos em 1846, após uma série de pequenas disputas na fronteira. Os americanos invadiram o México em duas frentes e conquistaram a Cidade do México em 1848. Além da guerra já ter devastado o México, os Estados Unidos ainda fizeram o país assinar o Tratado de Guadalupe Hidalgo. Neste acordo, o país latino teve que ceder os estados da Califórnia, de Utah, de Arizona, de Wyoming e partes do Colorado aos Estados Unidos. Além disso, tiveram que pagar 15 milhões de dólares pela paz e mais 3 milhões em dívidas.

 

 

10 acontecimentos mais importantes da América Latina - 5. A Guerra do Paraguai (1864-1870)

Considerada a mais devastadora disputa já realizada na América do Sul, a Guerra do Paraguai envolvia a Tríplice Aliança (Brasil, Argentina e Uruguai) e o Paraguai. O conflito iniciou-se com a invasão do Mato Grosso pelo Paraguai, após uma intervenção armada brasileira no Uruguai. Ironicamente, o país mudou de lado e apoiou a Tríplice Aliança. O Paraguai teve perdas imensas, mais de 300 mil pessoas morreram e 40% de seu território foi anexado pelo Brasil e Argentina.

 

 

10 acontecimentos mais importantes da América Latina - 6. A Guerra do Pacífico (1864-1870)

Em 1879, o Chile e a Bolívia entraram em guerra depois de décadas ensaiando uma disputa. O Peru, aliado à Bolívia, também entrou no conflito. Depois de uma série de batalhas em terra e no continente, o chilenos saíram vitoriosos. Os dois países perdedores saíram devastados: a Bolívia perdeu sua saída para o mar e o Peru perdeu a província de Arica.

 

 

10 acontecimentos mais importantes da América Latina - 7. A Construção do Canal do Panamá (1881-1893, 1904-1914)

A navegação do mundo nunca mais foi a mesma após a finalização do Canal do Panamá, uma obra ambiciosa da engenharia mundial. As consequências do canal, no entanto, não foram positivas para a Colômbia, cuja antiga província do Panamá se separou do país com o incentivo dos Estados Unidos.

 

 

10 acontecimentos mais importantes da América Latina - 8. A Revolução Mexicana (1911-1920)

Uma disputa de camponeses empobrecidos contra a classe alta mexicana, a Revolução Mexicana sacudiu o mundo e alterou para sempre a trajetória dos políticos mexicanos. A guerra extremamente sangrenta, que durou 9 anos, conseguiu colocar no poder o Partido Revolucionário, o qual surgiu da classe menos favorecida e que ficou no poder até os anos 1990.

 

 

10 acontecimentos mais importantes da América Latina - 9. A Revolução Cubana (1953-1959)

Quando Fidel Castro, seu irmão Raúl Castro e um bando de seguidores atacaram o quartel de Moncada em 1953, eles provavelmente não tinham noção de que estavam dando o primeiro passo de uma das revoluções mais significantes do mundo. Com a promessa de igualdade econômica para todos, a rebelião cresceu até 1959, quando o presidente cubano Fulgencio Batista abandonou o país e os revolucionários tomaram as ruas de Havana. Fidel Castro estabeleceu um regime comunista com relações próximas à União Soviética e o país é até hoje uma nação comunista e totalitária.

 

 

10 acontecimentos mais importantes da América Latina - 10. Operação Condor (1975-1983)

Na metade da década de 1970, os governos do Brasil, do Chile, da Argentina, do Paraguai, da Bolívia e do Uruguai tinham muito em comum. Eles eram governados por regimes militares e tinham muitas pessoas reacionárias em seus territórios. Consequentemente, as nações estabeleceram a Operação Condor, uma colaboração para prender, matar ou silenciar os dissidentes. A Operação desde então colocou em xeque a confiança da população sul-americana em seus líderes. Embora algumas pessoas sejam reconhecidas pelas suas mortes, há ainda muitas questões e fatos em aberto sobre essa operação sinistra, responsável pela morte de milhares de pessoas.

 

 



Tags:
Comentar

Comentários

    Ver mais 20 resultados

    Comente

    Ver mais