Aviso de cookies

Por meio de cookies próprios e de terceiros, coletamos informações para fornecer melhores serviços a todos os usuários. Compilamos informações estatísticas sobre a sua navegação para mostrar uma publicidade que tenha relevância com seus hábitos de navegação. Sempre que quiser, poderá desativar os cookies do seu browser. Se continuar navegando, consideramos que aceita os termos da política de utilização de cookies.

text.compare.title

text.compare.empty.header

Atualidade universitária

 
Crédito: Universia Brasil

 

Assim como qualquer área, a tecnologia também começou a invadir a educação. Mesmo que esse fenômeno traga centenas de novidades para o aprendizado, existem 12 tendências da tecnologia na educação que todo professor deve saber. Confira quais são:

 

Leia também:
» 6 ferramentas para incentivar a criatividade dos seus alunos
» 6 novidades tecnológicas que mudaram a educação
» Saiba o que é necessário para integrar tecnologia à educação 

 

 

Programe-se e compartilhe o calendário do Sisu 2014

 

 

1 – MOOCs

Os Massive Online Open Courses (ou MOOCs) são os cursos online oferecidos por instituições renomadas gratuitamente. Geralmente, os vídeos são aulas e palestras sobre temas específicos e oferece a oportunidade dos estudantes debaterem entre si sobre o que foi aprendido. 

 

2 – Blended learning

Conhecido também como B-learning, esse conceito diz que a melhor maneira de dar aulas é utilizando os recursos tecnológicos dentro da sala de aula presencialmente. Os adeptos do Blended Learning acham que é necessário um contato próximo para que o aprendizado seja eficaz

 

3 – Salas virtuais

Salas virtuais são os espaços em que alunos de cursos online podem discutir e fazer exercícios juntos. Assim como em um espaço de convivência físico, nas salas virtuais é possível fazer debates, tirar dúvidas e até mesmo criar amizades. 

 

4 – Sala de aula invertida

O conceito de sala de aula invertida acredita que o ambiente ideal para o aprendizado é à distância. Um detalhe: mesmo com aulas no mundo virtual, os exercícios e provas devem ser feitos presencialmente.

 

5 – Self-direct learning

O self-direct learning é um processo no qual o próprio aluno descobre as suas limitações e dificuldades. Além disso, por meio desse processo o estudante consegue criar estratégias que atendam às suas necessidades e expectativas. 

 

6 – Mobile learning

O Mobile learning é uma das táticas do ensino virtual. Utilizando dispositivos móveis como tablets e smartphones, os alunos podem levar o conteúdo da sala de aula para qualquer lugar e estudar em diferentes locais. 

 

7 – Sistema de administração de cursos

O Course Management System (CMS) é a estratégia para orientar e organizar os alunos durante os cursos online. Por meio do CMS, é possível mediar debates, planejar aulas, propor exercícios e analisar o desempenho do estudante

 

8 – E-learning

E-learning é o próprio conceito de aprender por meio de dispositivos eletrônicos conectados ou não à internet. 

 

9 – Tecnologia 1:1

O aprendizado individualizado, em que cada aluno utiliza um computador ou tablet, é chamado de tecnologia 1:1. Alguns professores acreditam que essa é a única maneira de obter efeitos tão bons com a tecnologia assim como com os livros. 

 

10 – Gamification

Misturar lazer com o aprendizado é uma das maiores tendências na educação. Por isso, muitos professores têm buscado uma solução para transformar as suas aulas tão interessantes quanto um jogo

 

11 – Recursos educacionais abertos

O Open Educational Resources se trata de conteúdos intelectuais que estão livres para uso público. 

 

12 – Digital Citizenship

Esse conceito se refere à ética e atitudes apropriadas no meio digital. Ensinar a ser um cidadão também no mundo virtual é importante para todos os professores.

 

 



Tags:
Comentar

Comentários

    Ver mais 20 resultados

    Comente

    Ver mais