• Quem é você?

Notícias

Estresse faz o cérebro encolher, mostra pesquisa

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Uma pesquisa realizada por pesquisadores da Universidade de Yale descobriu que eventos estressantes, como um divórcio, perda de emprego ou morte de pessoas próximas, podem resultar em perda da massa cinzenta do cérebro em regiões importantes do cérebro responsáveis pelas emoções e outras funções psicológicas.

 

» 3 dicas para proteger seu corpo do estresse
» 4 dicas para lidar com o estresse do fim de ano
» Cientistas descobrem como desligar o otimismo no cérebro humano

 

O estudo, publicado em plataforma online do jornal Biological Psychiatry, também revela que esses efeitos podem ocorrer em indivíduos saudáveis. De acordo com análises feitas em imagens cerebrais, os danos são aparentes logo depois que os eventos estressantes ocorrem. Essas constatações podem servir como sinais de alerta para a ocorrência de futuras doenças psiquiátricas e crônicas, como a hipertensão e a diabetes.

 

De acordo com a principal autora da pesquisa, Emily Ansell, "a acumulação de eventos estressantes pode fazer com que os indivíduos tenham maior dificuldade em lidar como estresses futuros, especialmente se este exigir controle de esforço, regulação emocional, e integração social", diz.

 

A pesquisadora acrescenta que o estudo serve para ilustrar a necessidade de tratar as causas do estresse na vida e “encontrar formas de lidar com as consequências emocionais.” Mesmo com os resultados, a postura de Emily é positiva. "O cérebro é dinâmico e plástico e as coisas podem melhorar, mas apenas se o estresse é tratado de maneira saudável. Se não, os efeitos podem ter impactos negativos tanto na saúde física, quanto mental."

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.