Notícias

Os livros mais traduzidos de todos os tempos

      
Os livros mais traduzidos de todos os tempos
Os livros mais traduzidos de todos os tempos  |  Fonte: Shutterstock

Algumas histórias atravessam gerações. Tratam-se de clássicos que, por terem essa definição, não possuem prazo de validade e mantêm seu valor histórico ao longo dos anos, sendo compreendidos e amados por pessoas de culturas diferentes da do autor.

Confira a seguir as 10 obras mais traduzidas para outros idiomas de todos os tempos:

1º LUGAR: ODISSEIA

Número de traduções: cerca de 250

Autor: Homero

Ano de criação: Século VIII

País: Grécia

Número de edições: 902

Número de cópias vendidas: 45 milhões

Sinopse: A Odisseia é uma narração sobre as aventuras de Ulisses, rei da ilha de Ítaca, durante os 10 anos que se ausenta de seu lar. O livro é dividido em quatro partes e entre elas estão seu combate na guerra de Troia e a luta ao lado de Aquiles.

2º LUGAR: O PEQUENO PRÍNCIPE

Número de traduções: 250 milhões

Autor: Antoine de Saint-Exupéry

Ano de criação: 1943

País: França

Número de edições: 545

Número de cópias vendidas: 140 milhões

Sinopse: O livro narra as aventuras de um garoto que viaja para outro planeta. É nesse mundo desconhecido que ele conhece Pequeno Príncipe, com quem aprende várias lições sobre valores pessoais e vida.

3º LUGAR: CONTOS DE FADAS DE ANDERSEN

Número de traduções: 153

Autor: Hans Christian Andersen

Ano de criação: entre 1835 e 1852

País: Dinamarca

Número de edições: 111

Número de cópias vendidas: 20 milhões

Sinopse: Os contos de fadas de Andersen atravessam gerações, e estão entre os mais conhecidos “O Patinho Feio”, “A Princesa e a Ervilha” e “A Pequena Vendedora de Fósforos”.

4º LUGAR: 20.000 LÉGUAS SUBMARINAS

Número de traduções: 147

Autor: Júlio Verne

Ano de criação: 1870

País: França

Número de edições: 711

Número de cópias vendidas: 60 milhões

Sinopse: No livro, o autor narra as aventuras do Capitão Nemo no submarino Náutilos, incrivelmente moderno para a época em que a história foi escrita, no século XIX.

5º LUGAR: E NÃO SOBROU NENHUM

Número de traduções: 103

Autor: Agatha Christie

Ano de criação: 1939

País: Inglaterra

Número de edições: 265

Número de cópias vendidas: 100 milhões

Sinopse: “E Não Sobrou Nenhum” é considerado um dos maiores clássicos modernos das histórias de mistério. Nele, dez pessoas recebem um convite para passar o fim de semana numa remota ilha. O suspense se estabelece a partir do momento em que os convidados começam a desaparecer e morrer misteriosamente.

6º LUGAR: ROBINSON CRUSOE

Número de traduções: 100

Autor: Daniel Defoe

Ano de criação: 1719

País: Inglaterra

Número de edições: 1039

Número de cópias vendidas: 9 milhões

Sinopse: O livro é uma autobiografia fictícia sobre Robinson Crusoe, um náufrago que passou 28 anos numa ilha isolada onde enfrentou perigos e aventuras antes do seu resgate.

7º LUGAR: ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS

Número de traduções: 97

Autor: Lewis Caroll

Ano de criação: 1865

País: Inglaterra

Número de edições: 1513

Número de cópias vendidas: 100 milhões

Sinopse: Lewis Caroll narra as aventuras de Alice, uma garota que ao seguir um coelho no jardim da sua casa descobre o País das Maravilhas, um lugar diferente de todos os que conhecia até então.

8º LUGAR: HARRY POTTER

Número de traduções: 67

Autor: J.K. Rowling

Ano de criação: 1997-2007

País: Inglaterra

Número de edições: 298

Número de cópias vendidas: 450 milhões

Sinopse: Harry Potter é uma das maiores obras da literatura atualmente. Em 7 livros, J.K. Rowling narra os conflitos entre Harry Potter e seu maior inimigo, o Lorde Voldemort.

9º LUGAR: A BÍBLIA DO REI JAIME

Número de traduções: 66

Autor: William Shakespeare

Ano de criação: 1611

País: Grécia

Número de edições: 1193

Número de cópias vendidas: mais de 2.5 bilhões

Sinopse: Essa é a tradução inglesa da bíblia, adaptada para a Igreja Anglicana.

10º LUGAR: 1984

Número de traduções: 65

Autor: George Orwell

Ano de criação: 1949

País: Inglaterra

Número de edições: 443

Número de cópias vendidas: 25 milhões

Sinopse: No livro, George Orwell retrata uma sociedade oligárquica positivista, mostrando o cotidiano dos habitantes de uma cidade que tem um regime político totalitário e repressivo.

Saiba mais sobre os livros que indicamos e cultura!


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.