Notícias

Como conseguir uma bolsa de iniciação científica

      

Quando se integra a vida acadêmica, logo nos primeiros momentos da faculdade, é muito comum surgir um questionamento: o que é uma bolsa de iniciação científica?

De forma resumida, essa é uma atividade das instituições de ensino superior que possibilita o desenvolvimento de pesquisas científicas sobre um determinado tema, mediadas por um professor orientador.

Apesar de apresentarem algumas variedades, os dois órgãos maispopulares quando se fala em iniciação científica são as instituições do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

 

Para que serve a bolsa de iniciação científica?

Na vida universitária, integrar um programa de iniciação científica pode ter vários desdobramentos em sua carreira tanto como estudante quanto na vida profissional.

Em um primeiro momento, é inegável a importância do incentivo financeiro de um programa dessa natureza. O pagamento realizado pelas instituições como CNPq e Fapesp constituem uma ajuda de custos ao aluno, que deve disponibilizar considerável dedicação do seu tempo.

Além desse ponto, o desenvolvimento de uma atividade com bolsa de iniciação científica, de uma forma ou de outra, direciona o seu aprendizado e sua vida estudantil a uma determinada linha de pesquisa.

Todo esse período direcionado a essa única temática pode render, futuramente, uma provável inclinação de sua carreira tanto como professor universitário ou, então, em outras opções do mercado de trabalho.

 

Como fazer iniciação científica?

Acredite: conseguir uma bolsa de iniciação científicadepende, bastante, de sua força de vontade.

Se tem o interesse em integrar essas atividades de pesquisa em sua universidade, procure informações com a instituição e, até mesmo, colegas veteranos sobre as possibilidades e linhas de pesquisa.

Um bom caminho para estabelecer esse contato pode ser através dos próprios professores. Docentes com que você tenha afinidade em suas disciplinas podem ser bons orientadores para seu projeto de pesquisa.

Mantenha-se sempre informado sobre o processo, pois, para conseguir esses benefícios, existem diversos passos e etapas de documentações que devem ser seguidas rigorosamente.

 

Organize sua rotina para essa atividade

Integrar uma atividade com bolsa de iniciação científicaé uma tarefa bastante trabalhosa e que exige muita disposição por parte do estudante.

Saiba que outras ações do seu dia a dia poderão ser influenciadas por essa dedicação ao trabalho de pesquisa.

As normas são bastante rígidas e os orientadores costumam ser exigentes para extrair o máximo dos alunos. No entanto, os esforços certamente serão recompensados tanto no aprendizado quanto em seu futuro profissional.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.