Notícias

Comece o ano sem esses erros comuns em inglês

      

Aprender inglês pode ser uma tarefa bastante difícil, especialmente para os que não tiveram contato com a língua desde cedo ou não puderam ver o conteúdo como parte do ensino regular nas escolas.

Estudar um idioma diferente do nativo normalmente envolve a superação de alguns enganos, falhas comuns que podem ter origem em palavras parecidas, vícios de tradução ou motivos similares. Com o inglês, não é diferente: uma série de erros frequentes atrapalha a absorção total do idioma.

Aproveite a virada do ano e veja a nossa lista de erros de inglês que devem ser deixados em 2017.

 

Uso incorreto de artigos

Os artigos definidos e indefinidos em inglês, como “a”, “an” e “the” podem trazer bastante confusão no seu uso. O “the”, por exemplo, deve ser usado em situações na qual quem fala e quem ouve sabem o que é referenciado, enquanto “a” e “an” podem indicar qualquer coisa, desconhecida ou conhecida pelos interlocutores.

Mais confusa ainda é a diferença entre os usos de “a” e “an”. Embora tenham essencialmente o mesmo significado, o “an” só é aplicado quando a próxima palavra começa com vogal ou som de vogal.

I’ll buy a horse (Eu vou comprar um cavalo)

I’ll draw an eagle(Eu vou desenhar uma águia)

 

As preposições

Preposições no inglês como “at”, “on” e “in” podem trazer muitas dúvidas. O “at” deve ser empregado para se referir a um lugar ou tempo específico, enquanto o “on” indica estar na superfície de algo ou sobre algo. Por fim, o “in” significa estar dentro de algo ou espaços fechados.

I’m at the supermarket(Eu estou no supermercado)

She’s on the surfboard(Ela está na prancha de surfe)

He’s in the car(Ele está no carro)

 

O “s” no verbo para 3ª pessoa

A conjugação do presente na 3ª pessoa do singular (representada pelos pronomes “he”, “she” e “it”) exige a colocação de um s ao fim do verbo.

I love you (Eu te amo)

She loves you (Ela te ama)

I know you well (Eu te conheço bem)

He knows you well (Ele te conhece bem)

 

Frases interrogativas

Fazer perguntas no inglês representa algumas alterações obrigatórias na frase, o que não acontece no português. É necessária a inversão dos termos (pronome e verbo) para boa parte das perguntas.

You are here.(Você está aqui)

Are you here?(Você está aqui?)

I am fine.(Eu estou bem)

Am I fine?(Eu estou bem?)

Além disso, para os casos em que as perguntas têm como resposta sim ou não, um verbo auxiliar precisa ser incluído na frase.

You like apple pie(Você gosta de torta de maçã)

Do you like apple pie?(Você gosta de torta de maçã?)



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.