Notícias

Tendências da tecnologia para o ensino em 2018

      

A rápida evolução da tecnologia muitas vezes assusta. Tente imaginar como era sua vida há dez anos, por exemplo, e você poderá notar o número de rotinas e facilidades diferentes que possuímos agora em relação ao passado.

No que diz respeito à educação, a equação é a mesma: inovações surgem e são, gradativamente, adaptadas e empregadas em sala de aula. Algumas das ideias mais tradicionais do ensino começam a sofrer mudanças e o advento de novos recursos tem boa parte da responsabilidade pelo processo.

Nesta virada de ano, conheça algumas das tendências da tecnologia para o ensino nas quais você deve ficar de olho em 2018.

 

Protagonismo do smartphone

O smartphone como dispositivo cada vez mais presente em todos os âmbitos na sociedade também está transformando os processos educacionais. Apps, sites, ambientes virtuais e outras iniciativas que tenham acesso fácil pelo celular passarão a ser privilegiadas e têm potencial de impacto perante os estudantes.

Uma aula presencial que tenha como complementos informações num app mobile, por exemplo, pode capturar bem mais a atenção do aluno contemporâneo. A adaptação dos sistemas pedagógicos começa a se tornar cada vez mais necessária.

 

Realidade aumentada e realidade virtual

A realidade aumentada, recurso popularizado recentemente nos celulares pelo game Pokémon Go, é uma opção bastante interessante para inclusão e assimilação na educação. Conteúdos que podem ser acessados através de visitas em locais específicos ou com códigos especiais, podem gerar experiências únicas de aprendizado, inclusive em ambientes externos à sala de aula.

Já a realidade virtual permite o emprego de simulações realistas de imersão, fazendo o estudante “visitar” outras épocas ou localidades, por exemplo.

 

Atenção às redes sociais

Acompanhando os smartphones, as redes sociais e mídias digitais são cada vez mais utilizadas e representam uma grande fonte de interação entre os alunos e as instituições de ensino. Todo e qualquer recurso desse contexto que apresente efeitos positivos deve ser aproveitado.

Paralelamente, uma atenção maior ao que é postado, compartilhado e curtido nas redes é necessária para o ensino contemporâneo, com a finalidade de traçar o perfil do estudante e conhecer suas características.

 

Discos virtuais e armazenamento na nuvem

Inovações como a possibilidade de armazenamento na nuvem de arquivos, bem como seu compartilhamento, são muito bem vindas no ambiente educativo. Aplicações como o Google Drive e Dropbox permitem que vários dados e informações sejam disponibilizadas remotamente via web, acessíveis a um clique e passíveis de colaboração.

Os usos nas experiências de ensino são incontáveis.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.