Notícias

Educação brasileira tem baixa conectividade

      

Conexão com internet abaixo da média

Esse índice de 28,3% dos alunos que têm acesso a computadores com internet nas escolas é considerado baixo e, dentre os países consultados no levantamento, é a segunda pior meta – a nação com menor número de conectividade é a República Dominicana, com 28,1%.

Para se ter uma ideia dessa distância, a média de conectividade em países que compõem a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) é de aproximadamente 56%.

 

Mais fora do que dentro

O estudo apontou também outro fenômeno relacionado à conectividade entre os estudantes – eles utilizam a internet mais fora do que dentro das instituições de ensino.

No panorama brasileiro, 37% dos ouvidos afirmaram que não utilizam a internet dentro das escolas.

Quando a pergunta é sobre a utilização da rede, apenas 6% desses alunos afirmaram que não acessam a rede fora de casa, durante a semana. Por outro lado, a maioria dele, 25%, afirma que utiliza a internet por mais de 6 horas diárias.

 

Números da pesquisa

O Pisa é aplicado a estudantes na faixa etária dos 15 anos que integram os 35 países da OCDE e 35 nações parceiras dessa organização.

Ao todo, o programa é foi aplicado a 540 mil alunos – no Brasil, segundo dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), colaboraram 23 mil estudantes.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), haverá investimentos nas escolas brasileiras, até o final de 2018, para melhorias em infraestrutura e conexão com internet nessas unidades – tanto na área urbana quanto na rural.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.