Notícias

Fazer estágio não remunerado também ajuda sua carreira

      

Diferenças entre os modelos de estágio

O estágio obrigatório é uma modalidade que consta dentro da obrigatoriedade do currículo estudantil daquele aluno. Sendo assim, estagiar é requisito para o término de uma ou de um conjunto de disciplinas, permitindo assim a integralização do curso e a obtenção do sonhado diploma.

Nesses casos, muitas vezes a remuneração e outros benefícios como o auxílio transporte não constam da proposta.

O estágio não-obrigatório, por sua vez,é obrigatoriamente remunerado, de acordo com a Lei de Estágios.

 

Experiências voluntárias

No decorrer da formação e da carreira, é comum surgirem oportunidades de atuação em estágios obrigatórios que configuram-se de forma voluntária e não remunerada.

Muitas vezes, essa proposta constitui uma alternativa de complemento à aprendizagem, além de uma poderosa fonte de networking durante seus importantes anos de formação.

Mesmo sem a remuneração, pelo menos nesse momento inicial, essa experiência pode trazer bons frutos na execução de suas atividades profissionais. Pode ser a chance que faltava para uma atuação na carreira que escolheu.

Dar uma chance a essas iniciativas também pode significar outro avanço muito relevante: a chance de evolução interna. Talvez, em um primeiro momento, para um estágio de fato remunerado e, em seguida, na sua contratação quando tiver concluído a faculdade.

É muito importante estar aberto a todas oportunidades e aproveitar esse momento inicial da sua formação para focar mais nas experiências que podem ser desfrutadas e menos no dinheiro.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.