Notícias

Não se deu bem no Sisu? Saiba como se inscrever no Fies

      

Você estava contando com o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para descolar uma vaga em alguma universidade pública em 2018, mas não foi selecionado? Não se desespere, há outros meios de seguir com os seus estudos.

Um deles é se inscrever no Fundo de Financiamento Estudantil do Ensino Superior (Fies). Administrado pela Caixa Econômica Federal, o programa financia a graduação de estudantes de instituições de ensino particulares.

Por meio do Fies, o aluno tem acesso a três categorias de financiamento. Saiba, então, como se inscrever no Fiese realizar o sonho de ter um diploma universitário.

 

Instituição deve ter conceito positivo na avaliação do MEC

Para se inscrever no Fies, a instituição precisa estar cadastrada no programa e ter conceito positivo na avaliação do MEC. Além disso, é necessário que você comprove a renda per capita de sua família, que não pode ultrapassar o valor de dois e meio salários-mínimos.

As três categorias do Fies são:

  • Fies 1:renda familiar inferior a 3 salários-mínimos, com taxa de juros zero
  • Fies 2: renda familiar inferior a 5 salários-mínimos, com taxas de juros que seguem fundos regionais – entre 2,5% a 3% –, podendo apenas ser concedido nas regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste
  • Fies 3: renda familiar inferior a 5 salários-mínimos, com taxas definidas por bancos privados

 

Ter alcançado média superior a 450 pontos no Enem

Os estudantes que buscarem vaga no Fies devem ter alcançado média superior a 450 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), sem ter zerado a redação. Este critério considera as edições desde 2010.

A liberação de financiamento também depende do conceito que o curso tem no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). As graduações com conceito 5 (máximo), por exemplo, representam 35% dos subsídios.

 

Inscrições pelo Sistema Informatizado do Fies

As inscrições podem ser feitas pelo Sistema Informatizado do FIES (SisFIES), pelo qual o estudante deve informar seus dados pessoais, do curso e da instituição.

Para o estudante pré-selecionado, o segundo passo inclui acessar o SisFIES e efetivar sua inscrição em até cinco dias corridos a contar da divulgação de sua pré–seleção, informando os dados de financiamento a ser contratado.

 

Validação das informações

Após concluir sua inscrição no SisFIES, o estudante deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), em até dez dias contados a partir do dia posterior ao da conclusão da sua inscrição.

 

Contratar o financiamento

Por fim, o estudante deverá comparecer a um agente financeiro do FIES em até 10 dias, contados a partir do terceiro dia útil subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA, para efetuar a contratação do financiamento.

Na inscrição, o estudante já deve ter informado a agência bancária de sua preferência, sendo o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal os atuais agentes financeiros do programa.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.