Notícias

Como fazer uma pós-graduação no exterior?

      

Completou o seu curso de graduação no Ensino Superior mas não conseguiu realizar um intercâmbio de estudos? Fez uma viagem de aprendizado durante a formação mas gostaria de repetir a experiência em um contexto mais especializado? Uma boa opção para considerar é a de fazer uma pós-graduação no exterior.

Isso mesmo, complementar a continuidade dos estudos com uma experiência fora do país é enriquecedor para o currículo, para a formação e, sem dúvida, para a vida.

Seja no mestrado, doutorado, pós-doutorado ou em uma especialização, a possibilidade é uma realidade. Quer ajuda? Veja as nossas dicas sobre o tema!

 

Identifique qual programa interessa

Esse passo está ligado, principalmente, à modalidade de pós-graduação que você cursa no momento. Os programas de pós estrangeiros certamente terão diferenças das categorizações brasileiras, mas um programa direcionado para um mestrando, por exemplo, não será adequado para quem faz um MBA (e vice-versa).

Faça uma pesquisa, contando com o apoio do setor responsável na sua IES, por programas internacionais que abarquem o seu perfil e as suas necessidades, bem como aspirações profissionais e acadêmicas.

Lembre-se: escolher um projeto que não é muito associado ao que você desenvolve por aqui, normalmente, não será uma boa ideia!

 

Identifique as instituições adequadas

Identificar as instituições estrangeiras que podem recebê-lo é outro importante passo. São dois os fatores relevantes para a escolha: o primeiro é se a instituição recebe estudantes brasileiros e o segundo tem ligação com o perfil da formação oferecida.  

Para saber se as universidades, institutos e faculdades do exterior aceitam estudantes intercambistas em seus programas de pós-graduação, a melhor maneira é pesquisar e, se for necessário, entrar em contato direto.

Já a qualidade e perfil das instituições podem ser avaliados com a ajuda dos rankings internacionais, como o QS Postgraduate.

 

Estude as exigências do processo seletivo

Uma vez definidos o programa e a instituição que você deseja, é indispensável conhecer e analisar os detalhes do processo seletivo e da matrícula. Prepare a documentação necessária, além de organizar e se planejar para possíveis provas ou exames envolvidos.

Além disso, é claro, comece a organizar a viagem em si com o máximo de antecedência possível.

 

Procure por convênios

Várias das instituições de ensino no exterior possuem convênios e acordos com as IES brasileiras, possibilitando bolsas de estudo, ajudas de custo e processos seletivos facilitados.

Não deixe de conferir se existem os convênios, contando com a ajuda da área responsável por internacionalização em sua instituição de ensino.

 

O que é preciso para fazer uma faculdade no exterior



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.