Notícias

Ministros da Educação de países de língua portuguesa anunciam cooperação

      

No último dia 16 de março, uma sexta-feira, ocorreu em Salvador a X Reunião de Ministros da Educação da CPLP, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa. O objetivo do encontro foi o de celebrar um acordo de cooperação entre as nações.

 

O que é a homologação da Base Nacional Comum Curricular?

 

Além da definição de uma declaração de colaboração, os Ministros da Educação também realizaram reflexão e debate sobre temas essenciais ligados à formação de professores, bem como sua capacitação para alfabetização na língua portuguesa.

 

A CPLP

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa é definida como um espaço de exercício de boas relações e cooperação entre os países envolvidos. Criada em 1996, a CPLP tem em sua composição o Brasil, Portugal, Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Entre os objetivos elencados como principais da organização, estão a diplomacia e colaboração; a cooperação em domínios como educação, saúde e ciência; o desenvolvimento de projetos de difusão da língua portuguesa.

Os princípios que regem a CPLP são a igualdade entre os Estados, a ausência de interferência nos temas internos alheios e o respeito pelo território, entre outros.

O presidente pro tempore (temporário) é o Ministro da Educação do Brasil, José Mendonça Filho.

 

A Reunião de Ministros da Educação

Uma das Reuniões Ministeriais Setoriais, órgãos adicionais da CPLP, a Reunião de Ministros da Educação agrega os representantes da pasta de cada país.

A décima edição aconteceu neste ano foi sediada no Brasil, na cidade de Salvador, Bahia. A reunião anterior foi realizada em 2016 no Timor-Leste.

O primeiro encontro do órgão ocorreu em Lisboa, Portugal, no ano de 1997.

 

A Declaração

Os debates propostos na X Reunião de Ministros da Educação da CPLP levaram à redação de um documento que sumariza os pontos discutidos. A Declaração Final elenca os tópicos relevantes e ressalta a importância de seguir os parâmetros do Plano de Ação de Cooperação Multilateral no Domínio da Educação, um acordo celebrado na nona reunião em 2016 e com vigência até 2020.

A Declaração versa que “a alfabetização e o acesso equitativo e universal à educação de qualidade em todos os níveis e tipos de ensino são fundamentais para garantir o bem-estar físico, mental e social”.

Entre os assuntos destacados, o documento chama a atenção para a importância do ensino e promoção da língua portuguesa, da educação em igualdade e a necessidade do compromisso em cooperar para garantir as condições de ensino nos países da CPLP.






Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.