Thursday :: 30 / 10 / 2014

TambémNotícias | Arte por dia | Enem 2014 | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DO SITE

Reportaje : Redação

Todos os pontos que uma redação no vestibular deve ter

Redação no vestibular: Ler bem é escrever bem

Não é a quantidade, mas sim a qualidade. Saiba o que ler para argumentar bem e ter bons intertextos


ImprimirImprimirEnviar a un amigo Enviar

(Crédito: Piotr Marcinski / Shutterstock.com)

(Crédito: Piotr Marcinski / Shutterstock.com)

 

Há clichês para praticamente qualquer assunto. Por exemplo, sobre leitura, o grande clichê é: quanto mais você ler, melhor você escreverá. Isto não é verdade. Como já ensinamos o que é um clichê, trabalharemos o tema da leitura a partir deste clichê.

 

Primeiro, qualquer um sem grandes conhecimentos técnicos sobre leitura diria isso. Portanto, é um senso-comum. Segundo, não é verdade, pois, para escrever bem deve-se ler publicações de qualidade. Um fenômeno editorial, por exemplo, tem diversas marcas de oralidade e, normalmente, não acrescenta culturalmente.

 

"A comunicação de massa consagra a escrita inculta e informal. Isso não é totalmente ruim, mas atrapalha na intimidade do jovem com o padrão formal da redação", comenta o doutor em letras e professor de redação da Faculdade Cásper LíberoWelington Andrade. Logo, não é quantidade, mas sim a qualidade. Se o aluno só ler comunicação em massa, mesmo que em grande quantidade, seu texto não será culto e formal, como se pede nas redações.

 

Para Andrade, "não é ler muito, mas sim, ler bem para se escrever bem." Fuja um pouco dos fenômenos editoriais e meios de comunicação em massa. Leia mais literatura, filosofia, teatro, sociologia. É a boa leitura que te diferenciará dos outros candidatos.

 

 


Suscríbete a nuestro boletín de noticias


Publicidad

Publicidad