Tuesday :: 30 / 09 / 2014

TambémNotícias | Arte por dia | Enem 2014 | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DO SITE

Noticia

Letras/Tradutor - Unesp

Ao facilitar o diálogo entre diferentes nações, o tradutor democratiza o conhecimento produzido em todo o planeta


ImprimirImprimirEnviar a un amigo EnviarPDFPDF

Num mundo cada vez mais globalizado, em que a necessidade de comunicação entre os povos é essencial, os tradutores são peças fundamentais. Com a formação de blocos regionais, como o Mercado Comum do Sul (Mercosul), que integra Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, o mercado de trabalho na área apresenta melhores oportunidades. "Numerosas empresas, dos mais diversos ramos, passaram a utilizar o trabalho de tradutores", constata Cláudia Maria Ceneviva Nigro, coordenadora do curso de Letras com Habilitação em Tradutor do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (Ibilce) da UNESP, campus de São José do Rio Preto.

A coordenadora ressalta também a importância da tradução para o enriquecimento cultural e lingüístico dos povos, assim como para a disseminação de conhecimentos técnicos e científicos. "Por isso, o profissional da área precisa reunir dois requisitos essenciais: uma excelente formação e a consciência de que a atualização contínua para desempenhar bem a sua atividade é indispensável".

Tradutores autodidatas, sem formação universitária, mas com décadas de experiência, ainda são as grandes estrelas do mercado, mas o espaço para os formados vem aumentando progressivamente e muitos, ao revelar competência, se destacam logo no começo da carreira profissional. "As melhores oportunidades de emprego estão nos grandes centros e nos Estados que abrigam multinacionais", aponta Claúdia. "São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília são excelentes mercados."

Gosto pela leitura, curiosidade sobre outras culturas e observação das semelhanças e diferenças entre as línguas são atributos importantes para quem deseja ganhar espaço. Paciência e determinação para encontrar palavras e expressões que transmitam, da melhor maneira possível, o seu sentido na língua em que foram originalmente expressas são outras características necessárias aos tradutores. "Eles podem atuar em editoras, na tradução de livros técnicos ou literários e na revisão de textos previamente traduzidos. Podem, também, trabalhar em escritórios de tradução, empresas multinacionais ou organismos internacionais, principalmente com textos técnicos e comerciais", diz a coordenadora do curso do Ibilce.

Outras áreas promissoras de atuação para o tradutor são a legendagem de filmes e as escolas, onde o formado pode atuar como professor. Depois de fazer uma pós-graduação, o ensino universitário e a pesquisa são outras opções. Oportunidades também existem como intérprete em eventos, área em expansão pela necessidade de um convívio cada vez maior de profissionais brasileiros de vários setores com parceiros de outros países.

Ainda nessa linha de atuação, a tradução simultânea em conferências e entrevistas também se torna uma oportunidade em ascensão no mercado de trabalho, assim como a de tradutor público juramentado, após aprovação em concurso. "O mais importante é que o profissional tenha em mente que seu maior desafio é estender pontes entre idéias e conhecimentos em diferentes línguas", finaliza a coordenadora.

Fonte: Guia de Profissões 2005 - Assessoria de Comunicação e Imprensa da UNESP







RSS   


Comentarios para esta noticia

 

Publicidad

Publicidad