Thursday :: 24 / 07 / 2014

MaisNotícias | Arte por dia | Enem 2014 | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DO SITE

Noticia

Mercado saturado


ImprimirImprimirEnviar a un amigo EnviarPDFPDF

Restaurar, extrair e limpar dentes, realizar cirurgias bucais, prevenir e tratar doenças da gengiva, bochecha e língua. Estas são algumas das atribuições do dentista, o profissional responsável pela saúde bucal. Mas ainda que o dentista seja indispensável para manter a saúde bucal de toda a população, os números que refletem a situação atual do mercado de trabalho podem assustar os futuros profissionais da área. De acordo com dados do Conselho Regional de Odontologia do Distrito Federal, a Organização Mundial da Saúde recomenda um dentista para cada 1.500 habitantes. Em Brasília, a média é de um profissional para cada 570 habitantes. Em 2003, os 174 cursos de odontologia espalhados pelo país formaram 9. 484 novos dentistas. Mas o professor Sérgio Pedrosa, diretor do curso de odontologia da Universidade Católica de Brasília (UCB) acredita que há espaço para os bons profissionais. O mercado realmente está saturado, mas de profissionais comuns. Para o profissional qualificado, sempre haverá lugar , diz.

Na Universidade Católica, segundo o professor Sérgio Pedrosa, existe uma preocupação em formar profissionais éticos e que saibam interagir com a sociedade.

O cirurgião-dentista pode abrir seu próprio consultório, trabalhar na saúde pública ou optar por uma área que vem crescendo muito, a dentística reparadora, ou seja, aquela que cuida da estética da boca. ? mais uma opção para o formando, diz o professor.

As especializações também são variadas. O estudante pode escolher entre a periodontia, que cuida das gengivas e dos ossos que dão sustentação aos dentes, a patologia bucal, que detecta por meio de exames laboratoriais as doenças da boca, a odontopediatria, que cuida dos problemas bucais das crianças e várias outras.

Adriana Mansur é formanda do curso de odontologia da Católica e já escolheu sua área. ? a ortodontia, responsável por alterar a mordedura e posição dos dentes com o uso de aparelhos. Já vou começar a montar meu próprio consultório, conta Adriana, que espelhou-se em uma tia dentista para escolher a profissão. Adriana diz não temer o mercado saturado. Apesar do excesso de profissionais da área, todo mundo precisa de um dentista. O importante é ter algum diferencial, se especializar para conseguir se destacar, conta.

Saiba mais Onde estudar odontologia em Brasília: Universidade Católica de Brasília (UCB) Universidade de Brasília (UnB) Universidade Paulista (Unip) Faculdade de Odontologia do Planalto Central (Foplac)







RSS   


Comentarios para esta noticia

 

Publicidad

Publicidad