• Quem é você?

Notícias

Bom aluno é igual a bom pagador

      
Alunos do Centro Universitário Newton Paiva e clientes do provedor de Internet Orolix, a princípio, não têm nada em comum. Mas ao resgatar seus benefícios em programas de fidelização, os dois grupos se aproximam: os prêmios são cotados por moedas próprias, os einstens, no caso do primeiro, e os oros no caso do segundo.

Os dinheiros ajudam a dar um clima ainda mais descontraído à atividade de juntar pontos e depois trocar por recompensas. No Newton Paiva os alunos ganham einsteins quando pagam suas mensalidades em dia, tiram boas notas, têm boa freqüência nas aulas ou participam de projetos sociais que têm o apoio da faculdade.

O projeto, batizado de sabius, foi criado em 2003 e já apresenta resultados. A inadimplência teve uma queda que surpreendeu até a administração, diz um dos coordenadores do programa, Lúcio Flávio Rodrigues. Ele não quis citar números, por considerar a informação estratégica.

Para os alunos, o programa agrada, mas poderia ser melhor. Eu demorei muito para juntar meus pontos, mesmo pagando as mensalidades em dia e tirando notas razoáveis, diz a estudante Ana Paula Vieira, que já ganhou dois squizes (garrafinhas esportivas) e um estojo.

Em seguida, ela reconhece que se estivesse em outra escola, poderia ter o mesmo comportamento que não receberia prêmio nenhum. No Orolix o sistema é diferente. O usuário de Internet discada ganha 24 oros por hora navegada em horário reduzido e 48 oros em horário normal.

Cada oro equivale a R$ 0,01 e o usuário recebe em dinheiro a recompensa por usar o serviço. Desde março de 2005 foram distribuídos R$ 900 mil. O usuário pode receber qualquer valor acima de R$ 5 por meio de depósito em conta corrente.

  • Fonte:


Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.