Friday :: 31 / 10 / 2014

MaisNotícias | Arte por dia | Enem 2014 | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DO SITE

Noticia

Conheça o curso: Gestão de Agronegócios

22/5/2006


ImprimirImprimirEnviar a un amigo Enviar

Universia

Engana-se quem pensa que somente o empresário da área urbana tem de se preocupar com a gestão da empresa. A verdade é que não basta produzir, se não houver quem queira comprar o produto. Na área rural também existe um sistema empresarial.

Nas últimas décadas, o profissional de agronegócios ganhou mais espaço no mercado. Hoje, os principais insumos da agropecuária, como fertilizantes, defensivos, rações, combustíveis, e a maquinaria utilizada (tratores, colheitadeiras e outros equipamentos) são predominantemente oriundos de setores industriais. Da mesma forma, os produtos de origem agropecuária destinam-se, crescentemente, a agroindústrias especializadas no processamento de matérias-primas e de alimentos industrializados, consumidos no mercado interno urbano e exportados.

? o profissional em agronegócios o responsável por planejar e acompanhar as atividades de agropecuária de uma empresa rural. Como administrador rural, define os recursos e os serviços necessários à lavoura e à criação de rebanhos. Determina o número de empregados e de horas de trabalho adequado à execução dessas atividades, além de controlar a rotina de serviço.

Segundo o diretor do curso de Agronegócios na Universidade Católica de Brasília (UCB), Ali Saab, o empresário de agronegócios também estuda e aplica novas tecnologias a fim de melhorar a produção das plantações e otimizar a produtividade da criação. "O profissional tem que se preocupar tanto com a rentabilidade do negócio quanto com o uso racional dos recursos naturais e a preservação do meio ambiente. Na indústria, por exemplo, é ele quem coordena o beneficiamento, o armazenamento e a comercialização de produtos agropecuários. Com formação adequada, pode dedicar-se, também, a algum ramo específico como horticultura, fruticultura ou zootecnia", explica.

Em relação ao mercado de trabalho, o professor acredita que o Centro-Oeste tem excelente abertura para a atuação do profissional. "? complicado afirmar qual área se encontra em destaque. Em média, a cada dois anos algum ramo fica em evidência", comenta. De acordo com Ali, o ramo sucro-alccoleiro (açúcar) e de café estão em alta no mercado. "A expectativa e que o mercado se desenvolva mais até 2015 nessa área", afirma.

Em Brasília, o Ministério da Educação reconhece o curso na Universidade Católica de Brasília (UCB). Com duração média de quatro anos, o curso habilita o título de bacharelado em agronegócios. Formado, o profissional poderá atuar em toda a cadeia agroindustrial, autorizado a desenvolver trabalhos como gestor de empresas, analista de mercados agroindustriais, especialista em agronegócios eletrônicos. Ele também pode adaptar o seu trabalho nas áreas de marketing, turismo rural, ensino e pesquisa, além de ser preparado para o trabalho autônomo, podendo montar sua própria empresa agrícola ou de consultoria.

Na Universidade de Brasília (UnB), o curso foi aberto no ano passado no campus de Planaltina. As inscrições para o segundo processo seletivo foram encerradas na quarta-feira da semana passada. Ao todo, são oferecidas 40 vagas para bacharelado - 8 para cotas- e 40 vagas para licenciatura- 8 para cotas.

ONDE ESTUDAR

Universidade Católica de Brasília
www.ucb.br

Universidade de Brasília
www.unb.br

Para ser um bom profissional é preciso:

Visão globalizada e humanista
capacitação para o exercício de atividades gerenciais
saber analisar os trabalhos realizados por seus colaboradores
senso de equipe saber liderar

Salário inicial
R$ 2,5 mil

Fonte:CM Consultoria







RSS   


Comentarios para esta noticia

 

Suscríbete a nuestro boletín de noticias


Publicidad

Publicidad