Notícias

 

No Brasil, não há profissionais certificados, com diploma válido nacionalmente, para ensinar e interpretar a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras). No entanto, todas as instituições de Ensino Superior deverão incluir a disciplina, de acordo com o Decreto nº 5.626/05, nos cursos de graduação que formam professores - como as licenciaturas, pedagogia e fonoaudiologia. Para atender esta nova demanda, a UFSC ( Universidade Federal de Santa Catarina) aplicará, nos dias 28 e 30 de janeiro de 2007, a primeira avaliação já feita na América Latina para conferir certificados de proficiência a esses profissionais.

O Prolibras (Exame Nacional de Certificação de Proficiência em Libras e de Certificação de Proficiência em Tradução e Interpretação da Libras) é uma parceria entre a Seesp/MEc (Secretaria de Educação Especial), o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) e a UFSC. De acordo com o MEC, os certificados vão comprovar a competência no ensino, interpretação e tradução da Libras, para que os profissionais atuem no Ensino Superior e no Básico.

O Exame Prolibras recebeu 4.730 inscrições e será feito em todas as capitais do país. Os interessados no certificado de proficiência para professores de Libras são usuários surdos ou ouvintes de Libras. Já os candidatos a intérpretes são ouvintes fluentes em Libras. Os intérpretes devem ser capazes de converter o português falado e escrito em linguagem de sinais e vice-versa. A conversão permite que o aluno surdo acompanhe aulas ao lado de colegas ouvintes. Os candidatos a professor e a intérprete passarão por provas objetivas e práticas.

* Com informações da assessoria de imprensa do MEC.

  • Fonte:


Tags:
Comentar

Comentários

    Ver mais 20 resultados

    Comente

    Ver mais

    Entrevistas com professores

    Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.