Notícias

 
 

O Ministério da Educação lança Programa de Formação Continuada com a oferta de bolsas de mestrado para professores da rede pública de ensino. A medida, divulgada no Diário Oficial da União, entra em vigor a partir desta terça-feira (22). Os auxílios serão implementados no mês de março de cada ano e terão vigência máxima de 24 meses.

 

» Universia oferece curso de espanhol online de graça com certificação internacional; Participe!
» Capes oferece bolsas para estudantes brasileiros em Portugal; Confira!
» Siga o Universia Brasil no Twitter

 

Além de ter vínculo com uma escola da rede pública da educação básica, para participar é preciso estar regularmente matriculado em cursos de Mestrado Profissional oferecidos por instituições de ensino superior reconhecidas pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) na modalidade de educação a distância.

 

Nesta primeira edição, os auxílios serão restritos aos estudantes matriculados a partir de 2011 no Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT) ou no Curso de Mestrado Profissional para Professores de Biologia, ambos com previsão de inscrição a partir de março.

 

Os professores contemplados poderão acumular a bolsa de formação concedida pela CAPES com o salário pago pela escola. Em contra partida, terão que assumir o compromisso de permanecer nas salas de aula da rede pública de ensino por no mínimo cinco anos após a diplomação. Caso o profissional não cumpra as regras terá que devolver os valores investidos pelo Ministério da Educação.



Tags:
Comentar

Comentários

    Ver mais 20 resultados

    Comente

    Ver mais

    Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.