Notícias

Você sabia? Creme de cobra evita formação de rugas

      
(Crédito: Dreamstime/Divulgação)
(Crédito: Dreamstime/Divulgação)

 

O filósofo alemão Friedrich Nietzsche dizia: "O que não mata, fortalece". Mas se pensarmos em relação a nossa pele, a frase deveria ser: "O veneno que não te mata te fortalece". Essa é a nova moda no mundo dos cosméticos: usar veneno de cobra para criar cremes anti-envelhecimento.

 

» Descubra como ter uma memória de elefante
» Você sabia? Terremoto em Múrcia foi o mais grave da Espanha em 50 anos
» Leia todas as notícias de curiosidades no especial Você Sabia?
» Siga o Universia Brasil no Twitter

 

E não ache estranho que os novos cremes a base de veneno de cobra façam um grande sucesso, principalmente entra as mulheres. Ele permite o rejuvenescimento da pele sem que a pessoa sinta dores e não precise aplicar o botox.

 

O veneno utilizado para fazer o produto vem da serpente Tropidolaemus Wagleri, mais conhecida como víbora da Malásia. Para fazer o creme, os pesquisadores utilizam cobras de laboratório. Delas é retirado o veneno que possui aminoácidos, uma substância capaz de bloquear os sinais nervosos que causam a contração muscular. Assim, a formação de rugas na pele são evitadas.

 

Há lei que permite que apenas 4% do produto possua substâncias do veneno. Mas mesmo assim, isso foi o suficiente para que o creme se esgotasse em poucas horas depois de ser lançado.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.