Thursday :: 30 / 10 / 2014

MaisNotícias | Arte por dia | Enem 2014 | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DO SITE

Noticia : Novo Programa

Nota mínima de 600 no Enem será pré-requisito para bolsas de estudo no exterior

Programa Ciência sem Fronteiras deverá beneficiar mais de 100 mil estudantes brasileiros


ImprimirImprimirEnviar a un amigo Enviar

(Crédito: Divulgação)

(Crédito: Divulgação)

Pré-seleção será feita através do Sisu e ProUni

 

Após o lançamento do Programa Ciência sem Fronteiras na última terça-feira (26), a presidenta Dilma Rousseff afirmou que a seleção para as 100 mil bolsas de estudo no exterior será rigorosa e os alunos serão escolhidos por mérito. Além disso, o governo levará em conta a representação étnica, social e regional de cada candidato.

 

» Governo anuncia 100 mil bolsas de estudo no exterior
» Veja quais são as áreas prioritárias do Programa Ciência sem Fronteiras
» Leia todas as notícias sobre o Programa Ciência sem Fronteiras
» Todas as notícias sobre Bolsas de Estudo

 

A pré-seleção dos candidatos que poderão participar do Programa será feita por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade para Todos (ProUni). De acordo com a presidenta, o ProUni vai permitir selecionar estudantes de baixa renda que também têm bom desempenho.

 

Todos os candidatos que fizerem a inscrição para o Programa deverão ter pontuação acima de 600 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Também serão beneficiados os estudantes que tiveram bom desempenho em olimpíadas promovidas dentro das escolas, como a de matemática e física.

 

Pensando na dificuldade com o idioma, o secretário-geral da Nova Central Sindical de Trabalhadores, Moacyr Auerswald, sugeriu a criação de cursos de idiomas voltados para os estudantes menos privilegiados que não têm acesso a este tipo de aprendizado.

 

Serão oferecidas cerca de 27 mil bolsas de graduação, 24 mil bolsas de doutorado (de um ano de duração), 9,7 mil bolsas de doutorado integral (com 4 anos de duração), 9 mil bolsas de pós-doutorado e outras 1950 bolsas divididas entre jovens cientistas, pesquisadores e especialistas.

 

 






RSS   


Comentarios para esta noticia

 

Suscríbete a nuestro boletín de noticias


Publicidad

Publicidad