Aviso de cookies

Por meio de cookies próprios e de terceiros, coletamos informações para fornecer melhores serviços a todos os usuários. Compilamos informações estatísticas sobre a sua navegação para mostrar uma publicidade que tenha relevância com seus hábitos de navegação. Sempre que quiser, poderá desativar os cookies do seu browser. Se continuar navegando, consideramos que aceita os termos da política de utilização de cookies.

text.compare.title

text.compare.empty.header

Atualidade universitária

 
(Crédito: Divulgação)

 

Após o lançamento do Programa Ciência sem Fronteiras na última terça-feira (26), a presidenta Dilma Rousseff afirmou que a seleção para as 100 mil bolsas de estudo no exterior será rigorosa e os alunos serão escolhidos por mérito. Além disso, o governo levará em conta a representação étnica, social e regional de cada candidato.

 

» Governo anuncia 100 mil bolsas de estudo no exterior
» Veja quais são as áreas prioritárias do Programa Ciência sem Fronteiras
» Leia todas as notícias sobre o Programa Ciência sem Fronteiras
» Todas as notícias sobre Bolsas de Estudo

 

A pré-seleção dos candidatos que poderão participar do Programa será feita por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e do Programa Universidade para Todos (ProUni). De acordo com a presidenta, o ProUni vai permitir selecionar estudantes de baixa renda que também têm bom desempenho.

 

Todos os candidatos que fizerem a inscrição para o Programa deverão ter pontuação acima de 600 no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Também serão beneficiados os estudantes que tiveram bom desempenho em olimpíadas promovidas dentro das escolas, como a de matemática e física.

 

Pensando na dificuldade com o idioma, o secretário-geral da Nova Central Sindical de Trabalhadores, Moacyr Auerswald, sugeriu a criação de cursos de idiomas voltados para os estudantes menos privilegiados que não têm acesso a este tipo de aprendizado.

 

Serão oferecidas cerca de 27 mil bolsas de graduação, 24 mil bolsas de doutorado (de um ano de duração), 9,7 mil bolsas de doutorado integral (com 4 anos de duração), 9 mil bolsas de pós-doutorado e outras 1950 bolsas divididas entre jovens cientistas, pesquisadores e especialistas.

 

 



Tags:
Comentar

Comentários

    Ver mais 20 resultados

    Comente

    Ver mais