Aviso de cookies

Por meio de cookies próprios e de terceiros, coletamos informações para fornecer melhores serviços a todos os usuários. Compilamos informações estatísticas sobre a sua navegação para mostrar uma publicidade que tenha relevância com seus hábitos de navegação. Sempre que quiser, poderá desativar os cookies do seu browser. Se continuar navegando, consideramos que aceita os termos da política de utilização de cookies.

text.compare.title

text.compare.empty.header

Atualidade universitária

 
(Crédito: Divulgação)

 

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou o padrão de respostas da segunda fase do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O padrão é usado para corrigir as provas do candidato e conferir se a resposta está de acordo com o que foi proposto na pergunta.

 

Confira os padrões de resposta do exame da OAB:

Padrão de respostas (Preliminar) do exame da OAB - Direito Administrativo

Padrão de respostas (Preliminar) do exame da OAB - Direito Civil

 

Padrão de respostas (Preliminar) do exame da OAB - Direito Constitucional

Padrão de respostas (Preliminar) do exame da OAB - Direito Empresarial

Padrão de respostas (Preliminar) do exame da OAB - Direito Penal

Padrão de respostas (Preliminar) do exame da OAB - Direito do Trabalho

Padrão de respostas (Preliminar) do exame da OAB - Direito Tributário

 

Além de definir como deve ter sido elaborada cada uma das questões da prova prático-profissional, o padrão de respostas também indica qual é a nota que deve ser dada para cada um dos itens e conceitos aplicados na pergunta.

 

O resultado preliminar do exame deve sair no dia 13 de setembro. A partir daí, os candidatos terão até o dia 15 de setembro para entrar com recursos que dizem respeito ao resultado divulgado. Já o resultado final do exame será divulgado no dia 4 de outubro.

 

O Exame

 

A primeira fase do exame da OAB contou com cerca de 121 mil inscrições e foi realizada no dia 17 de julho. Já a segunda fase, composta pela prova prático-profissional, aconteceu no dia 21 de agosto.

 

Segundo dados divulgados pela OAB no início de julho, o exame anterior, realizado em dezembro de 2010, reprovou quase 107 mil bacharéis de direito, o que representa cerca de 88% dos alunos que se inscreveram para a edição anterior da prova.

 

Na mesma época, o Ministério da Educação (MEC) suspendeu 34 mil vagas de direito em todo o país que tiveram índices insatisfatórios de aproveitamento.

 

Outras notícias sobre o exame da OAB:

» Confira o gabarito da primeira fase do Exame da OAB 2011
» MEC suspende mais de 34 mil vagas de Direito em todo País
» Bahia lidera ranking de instituições com aprovação zero no exame da OAB

 

 



Tags:
Comentar

Comentários

    Ver mais 20 resultados

    Comente

    Ver mais