Notícias

Cientistas encontram explicação para a preguiça

      
(Crédito: Dreamstime/ Divulgação)
(Crédito: Dreamstime/ Divulgação)

 

Se você tem preguiça praticar esportes ou para você é um sacrifício se levantar do sofá para ir a academia, pode ser que você não tenha dois “genes-chave”. Isso é o que revela um estudo feito pela Universidade McMaster, do Canadá.

 

» Cientistas descobrem novo método que detecta câncer em três horas
» Cientistas podem ter encontrado a cura para todos os vírus

 

Para chegar a esta conclusão, a equipe de pesquisadores trabalhou com camundongos, alguns dos quais não possuíam dois genes que controlam a atividade da proteína AMPK, que funciona quando fazemos exercícios para aumentar o consumo de açúcar e oxigênio no músculo, entre outras coisas.

 

Os camundongos gostam de correr, mas enquanto os camundongos normais correm quilômetros, os que perderam esses dois genes dão apenas carreiras curtas. Embora exista essa diferença, a aparência deles é saudável e idêntica a dos outros camundongos.

 

O que os pesquisadores concluíram foi que, quando não há presença desses genes, os animais têm níveis mais baixos de mitocôndrias e é mais complicado para os seus músculos absorver a glicose enquanto se exercitam.

 

Quando praticamos esportes regularmente o número de mitocôndrias nos músculos aumenta. Por outro lado, se não praticamos, a concentração desses componentes das células reduz. O estudo concluiu também que é a enzima AMPK que regula essa produção.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.