Notícias

7 dicas para criar bons títulos de redação do vestibular

      
Fonte: Getty Images

Vestibular é sinônimo de uma longa prova de múltipla-escolha para muitos candidatos a uma vaga em grandes universidades. Prova disso é o tempo dedicado ao estudo de todo conteúdo dos três anos de Ensino Médio. Porém, muitos se esquecem de se preparar para a redação, que chega a representar 50% da nota final.

E você, sabe como conquistar o avaliador na hora da correção? Especialistas dizem que o primeiro passo é dar um bom título ao texto para motivar a leitura. Se você ainda treinou a criação de títulos para sua redação, mãos à obra. Alguns cuidados precisam ser tomados para construir títulos de impacto. Ele deve ser pensado para refletir a essência do texto, não apenas escrito como algo sem importância.

“O título deve ser a mais completa expressão de um texto. Precisaria ser capaz de sintetizar a ideia essencial do que se escreveu sem ser trivial”, explica o professor adjunto da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), Marcos Lucio Góis.

Além disto, um toque de criatividade pode soar positivo. “É preciso ser criativo para que o título da redação conquiste o leitor e apresente o que vai ser tratado no texto”, afirma o professor da UFOP (Universidade Federal de Ouro Preto), Clézio Roberto Gonçalves.

Fique atento às dicas a seguir para praticar a construção do título para a prova de redação do vestibular:

1 – Última peça do quebra-cabeça
O título é sempre a última parte que se escreve num texto, afinal ele sintetiza a ideia principal. Como, normalmente, a redação passa por alterações durante a escrita, vale a pena deixar para o final o “batismo” da obra. Porém, isso não significa que não se possa começar a escrever o texto com um título prévio.

2 – Seja simples
Não adianta querer mostrar, ou tentar mostrar, erudição ao escrever. O ideal é ser simples, o que não implica ser simplório. Além de correr o risco de deixar o leitor cansado, você pode se perder com as palavras e o título ficar pouco significativo.

3- Atenção ao gênero
Títulos expressam a obra, logo, o gênero interfere na criação. Cada um ao seu modo, o título deve ser certeiro. Na narração, é apresentada uma história em um determinado contexto com personagens, e a descrição deve transmitir uma impressão sobre o objeto em questão e a dissertação deve repassar o ponto de vista pessoal sobre um fato.

4- Brinque com o título
Não faça da formalidade necessária à redação um bicho de sete-cabeças. Expressões coloquiais podem ser empregadas, desde que haja relação com o texto. Nada impede o uso de título figurativo e com expressão.

5 – Verbo é item opcional
Dúvida comum, principalmente para quem está acostumado a ler as manchetes de jornal, é o uso de verbo em títulos. Segundo os especialistas, apesar de dar sentido de ação, não há regra para o uso de verbos nas redações do vestibular.

6 – Padrão
Não vai ser na hora de escrever a redação do vestibular que as normas cultas ensinadas durante dez anos de estudos serão deixadas de lado. Não, mesmo! Demonstre domínio da língua portuguesa: não erre a forma como as palavras são escritas, tampouco na conjugação de verbo e concordância.

7- Entre aspas
Assim como o verbo, não há interferência sobre o uso de aspas no título dos textos. Podem aparecer, principalmente quando remetem a expressões ou neologismos para denotar conhecimento da norma culta.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.