Notícias

Documentário raro traz rotina de Manuel Bandeira; Morte do poeta completa 43 anos

      
(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)

 

A morte do poeta Manuel Bandeira completa nesta quinta-feira (13) 43 anos. Um dos maiores nomes da poesia moderna brasileira nasceu em Recife em 19 de abril de 1886.

 

» Poeta sueco Tomas Transtromer ganha prêmio Nobel de Literatura
» Faça download grátis da obra completa do autor Machado de Assis
» 50 livros clássicos em português para download grátis

 

Em 1904, interrompeu seus estudos na Escola Politécnica de São Paulo para ir a Suíça se tratar da tuberculose. Quando voltou ao Brasil, iniciou sua produção literária. Em 1917, Manuel Bandeira publica seu primeiro livro, de influência simbolista, chamado Cinza das Horas.

 

Dois anos depois, ele escreve Carnaval, seu livro pioneiro no modernismo, que sugere uma busca pela simplicidade. O poeta exerceu outras atividades como jornalista, redator de crônicas, tradutor, integrante da Academia Brasileira de Letras, além de professor História da Literatura no Colégio Pedro II e de Literatura Hispano-Americana na faculdade do Brasil, Rio de Janeiro.

 

Entre suas obras famosas estão Libertinagem (1930), Estrela da Manhã (1936), Opus 10 (1952) e Estrela da Tarde (1963). Um dos grandes poetas da literatura brasileira morreu no Rio de Janeiro no dia 13 de outubro de 1968.

 

 

Documentário sobre Manuel Bandeira

O Poeta do Castelo é um raro documentário sobre o cotidiano do poeta modernista. O cineasta Joaquim Pedro de Andrade acompanhou os gestos banais da rotina de Manuel Bandeira em seu apartamento no centro do Rio de Janeiro. No final do filme, o poeta caminha pela avenida Presidente Wilson, no bairro do Castelo, em direção à Academia Brasileira de Letras. Nesse momento, Bandeira recita “Vou-me Embora para Pasárgada”. No vídeo, os versos do poeta são lidos por ele. Disponível no YouTube, o documentário é objeto de disputa judicial entre a produtora detentora dos direitos do filme e os herdeiros do poeta.

 

Documentário "O Poeta do Castelo"

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.