Aviso de cookies

Por meio de cookies próprios e de terceiros, coletamos informações para fornecer melhores serviços a todos os usuários. Compilamos informações estatísticas sobre a sua navegação para mostrar uma publicidade que tenha relevância com seus hábitos de navegação. Sempre que quiser, poderá desativar os cookies do seu browser. Se continuar navegando, consideramos que aceita os termos da política de utilização de cookies.

text.compare.title

text.compare.empty.header

Atualidade universitária

(Crédito: Lichtmeister / Shutterstock.com)

 

Estresse crônico é uma doença muito parecida com a dor crônica. Não importa o que você faça os sintomas só crescem cada vez mais e é praticamente impossível conseguir se livrar desse tipo de estresse, que é bem diferente do normal, aquele sentido antes de uma festa ou de uma prova.

 

» Dicas de Feng Shui para ajudar a aliviar estresse
» Fique atento: Estresse no trabalho pode ser contagioso
» Mascar chiclete reduz estresse e aumenta concentração

 

O estresse crônico se diferencia daquele estresse comum por não ter término. A doença tem se tornado cada vez mais normal na sociedade atual, devido ao modo como as pessoas são forçadas aos extremos no seu dia-a-dia.

 

O estresse ativa nas pessoas dois impulsos: fuga ou luta. Quando as pessoas estão em estado de estresse crônico, constantemente estão em uma dessas: ou fugindo da situação ou brigando contra ela. E isso não dá ao indivíduo a oportunidade de descansar o corpo.

 

Ficar constantemente nesses estados pode trazer sérios efeitos colaterais para a sua saúde, como perda de cabelo, hipertensão, obesidade e úlcera. Mas é possível evitar os sintomas, desde que você aprenda como lidar com o estresse e gerenciar os seus problemas.

 

 



Tags:
Comentar

Comentários

    Ver mais 20 resultados

    Comente

    Ver mais