Notícias

Dieta anti-envelhecimento: Como comer para viver mais

      
(Crédito: Wrangler/ shutterstock.com)
(Crédito: Wrangler/ shutterstock.com)

 

Pesquisas revelam que as pessoas que mantêm uma dieta mediterrânea, à base de plantas, vivem mais e são menos vulneráveis ​​a doenças coronárias e câncer. Por outro lado, comer muito, mesmo que comidas saudáveis também prejudica a saúde. Para “comer o seu caminho até a longevidade” fique atento aos padrões da dieta mediterrânea que diminui o envelhecimento.

 

» Pesquisa revela: Fazer dieta reduz o risco de câncer de mama
» 8 ótimos aplicativos de dieta e fitness
» Gordos e fumantes têm dificuldades para encontrar emprego

 

O interesse na chamada "dieta mediterrânea" foi desencadeado pela percepção de que pessoas que vivem em países banhados pelo mar Mediterrâneo tiveram algumas das taxas mais baixas de doenças coronárias e maior longevidade no mundo. Desde então, o termo geralmente se refere a uma dieta que enfatiza grãos integrais, frutas, legumes, frutos secos, azeite e peixe.

 

Existem várias pesquisas científicas exaltando a riqueza e os benefícios de comer como as pessoas do Mediterrâneo. Se você quiser uma rota simples para uma dieta de longevidade, procure focar em alimentos que são usados na dieta mediterrânea.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.