• Quem é você?

Notícias

Adesivo de nicotina pode combater a perda de memória, diz pesquisa

      
(Crédito: Reprodução)
(Crédito: Reprodução)

 

Segundo pesquisa realizada pelo Dr. Paul Newhouse, da Universidade de Vanderbilt, nos Estadoa Unidos, a nicotina pode ter alguns efeitos terapêuticos em pessoas com comprometimento cognitivo leve, que estão na fase entre o esquecimento normal relacionado à idade e a doença de Alzheimer.

 

» 10 dicas de saúde para as férias
» A raiva não expressada prejudica a saúde
» Trabalhar em várias coisas ao mesmo tempo pode afetar o rendimento e causar danos à saúde

 

O estudo, publicado na edição de janeiro da revista Neurology, descobriu que adultos mais velhos com problemas de memória e cognição, que não preenchem os critérios para demência podem ganhar um impulso mental significativo depois de receber influência da nicotina.

 

A nicotina estimula os receptores de acetilcolina no cérebro que são importantes para o pensamento e a memória. Os testes foram previamente feitos em pessoas com Alzheimer e quem tinha somente transtorno cognitivo leve (MCI). No MCI, a nicotina seria mais eficaz, já que as pessoas ainda têm partes do cérebro que respondem as substancias.

 

No estudo, os indivíduos com MCI foram divididos em dois grupos, um que usava o adesivo de nicotina ou de um grupo controle, que não usava o adesivo. Após seis meses de tratamento, aqueles que usavam os adesivos de nicotina recuperaram 46% do desempenho esperado para a idade na memória de longo prazo, enquanto o grupo controle piorou 26% sobre o mesmo período de tempo. Em alguns casos as melhorias na memória foram vistas logo aos três meses.

 

A quantidade de nicotina utilizada no estudo foi semelhante ao que está contida no adesivo da mesma substância, destinado para quem está tentando parar de fumar. Porém o autor da pesquisa deixa claro que estes testes foram apenas preliminares, e que ainda há muita pesquisa para se fazer.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.