Aviso de cookies

Por meio de cookies próprios e de terceiros, coletamos informações para fornecer melhores serviços a todos os usuários. Compilamos informações estatísticas sobre a sua navegação para mostrar uma publicidade que tenha relevância com seus hábitos de navegação. Sempre que quiser, poderá desativar os cookies do seu browser. Se continuar navegando, consideramos que aceita os termos da política de utilização de cookies.

text.compare.title

text.compare.empty.header

Atualidade universitária

(Crédito: Paula Albuquerque/Divulgação)

 

Adelaide é "the Australia's most livable city", ou seja, a cidade mais fácil de se viver da país. É conhecida como a "cidade dos 20 minutos" - você pode percorrer facilmente a pé o CBD, o centro administrativo e cultural da cidade, repleto de museus, galerias, cafés, lojas e atrações bacanas.

 

 

» Diário de Bordo Adelaide: Dia 9


» Diário de bordo Adelaide - Curso de inglês e música (mais música!)


» Mais Diário de bordo Adelaide por Paula Albuquerque

 

Adelaide conta com um transporte coletivo eficiente, que te leva em menos de 30/40 minutos para as várias cidadezinhas dos arredores. Semana passada fui com minha turma de Cultura Autraliana até Hahndorf, fundada por imigrantes alemães e situada a caminho de Adelaide Hills. Pegamos um ônibus e em aproximadamente 30 minutos chegamos a Hahndorf, conhecida por atrair muitos visitantes nos finais de semana, quando seus charmosos cafés e lojas costumam ficar lotados.

 

Hahndorf é a mais antiga cidade australiana colonizada por não-britânicos, fundada em 1839 por imigrantes alemães luteranos fugindo da perseguição religiosa na sua Prússia natal. Vieram a bordo do navio Zebra e tiveram ajuda do capitão Hahn para se estabelecer no novo país. Em sua homenagem, chamaram sua nova morada Hahndorf, "a cidade de Hahn". No museu e galeria Hahndorf Academy, onde costumava funcionar uma escola no século XIX, podemos ver alguns dos artefatos, máquinas e objetos produzidos pelos imigrantes alemães.

 

Hahndorf é também o local onde viveu Sir (1877-1968) Hans Heysen, um dos mais importantes artistas plásticos australianos, conhecido por retratar as paisagens australianas em aquarela. Sua casa, apelidada The Cedars, abriga parte de sua coleção e é aberta ao público para visitação (fechada às segundas-feiras).

 

A caminho de Hahndorf, você pode parar em Stirling, Aldgate e Bridgewater, outras três lugares bacanas para se conhecer nas proximidades. Stirling tem uma deliciosa feira ao ar livre aos domingos de manhã, com arte, artesanato e comidinhas saborosas. Logo ao lado da feira, não deixe de passar no Organic Market and Café e experimentar os sucos naturais que eles vendem por lá. Há também um empório de produtos orgânicos fabricados na região.

 

Em Bridgewater conheci a vinícolaPetaluma e provei diferentes tipos de vinhos produzidos em Adelaide Hills - Riesling, Cabernet Sauvignon, Viognier, Shiraz...

 

Como vocês podem perceber, estou passando muito bem aqui em Adelaide, não é mesmo?

 

XXX,
Paula Albuquerque

 

 



Tags:
Comentar

Comentários

    Ver mais 20 resultados

    Comente

    Ver mais