Monday :: 01 / 09 / 2014

AdemásNotícias | Arte por dia | Enem 2014 | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DEL SITIO

Noticia : Intercâmbio

Diário de bordo Adelaide - Cangurus, coalas e bicicletas parte 2

Paula Albuquerque ganhou um intercâmbio de cinco semanas na Universidade de Adelaide, na Austrália. O concurso cultural foi fruto da parceria da Universia Brasil com a Latino Australia Education, a representante oficial das principais instituições de ensino da Austrália no País 


ImprimirImprimirEnviar a un amigo EnviarPDFPDF

(Crédito: Paula Albuquerque/Divulgação)

(Crédito: Paula Albuquerque/Divulgação)

 

Lembram-se que contei dias atrás que fazia um friozinho atípico em Adelaide na minha primeira semana por aqui? Pois eis que o tempo mudou completamente e antes das 8h da manhã o sol já está queimando. Hoje o termômetro registrou uma média de 37 graus, a maior temperatura desde que cheguei. Muita água, protetor solar e ar condicionado!

 

» Diário de Bordo Adelaide: Dia 15
» Diário de bordo Adelaide - Victor Harbor, Henley Beach e Christies Beach
» » Mais Diário de bordo Adelaide por Paula Albuquerque

 

O final de semana foi intenso, como vocês perceberam pelo post anterior. No sábado, Merry me levou ao Cleland Wildlife Park. No caminho para o parque nacional, em direção a Adelaide Hills, haviam placas alertando que cangurus e colas podiam cruzar a estrada à noite. O parque abriga numa imensa área verde uma importante parte da fauna australiana, com cangurus, coalas, répteis e aves. Na entrada, o visitante compra por 3 dólares um pacotinho de comida para alimentar os animais.

 

Os cangurus sentem o cheiro da comida e vêm em nossa direção, comer em nossas mãos. No começo, fiquei um pouco apreensiva, não sabia quão dóceis eles eram (e alguns deles eram bem grandes!), depois vi que não tinha nada a temer. Enquanto comem, eles nos deixam passar a mão no seu pêlo macio. É uma experiência incrível, garanto.

 

No Cleland Park você também pode ficar perto dos coalas, esse marsupiais tão cativantes e dorminhocos. Há duas opções: você pode pagar 30 dólares para segurar um canguru e levar como recordação uma foto do momento, ou pode apenas fazer carinho neles e tirar suas próprias fotos, de graça. Uma canguru muito comilona esperava por nós. Não dava a mínima atenção para os visitantes, queria mesmo era só saber das folhas de eucalipto com que a bióloga do parque a alimentava.

 

Bicicletas

Em janeiro acontece em Adelaide o Santos Tour Down Under, um circuito de ciclismo parecido com o Tour de France. Em Prospect, bairro onde estou morando durante este mês, os moradores preparam o Tourific Prospect, uma festa que começa de tarde e vai até de noite, com comida, música, atividades para as crianças e lojas abertas até às 22h (por aqui elas costumam fechar às 17h), para dar boas vindas aos ciclistas que vêm de todo o mundo a Adelaide para a competição.

 

Os moradores de Prospect decoraram bicicletas que foram doadas e recolhidas pela Prefeitura. De diversas cores e temas, as bicicletas decoravam Prospect Road para a festa. E eu, como novo membro da comunidade (!), também fiz minha parte: uma bicicleta de criança, pintada de amarelo e decorada com adesivos e bichinhos de pelúcia para alegrar os meninos e meninas.

 

Comida indiana, mexicana, grega. Dançarinos aborígenes, tango, percussionistas africanos. Que mistura bonita foi esse Tourific!

 

(atualização diretamente do "futuro": No dia 05 de fevereiro, aconteceu a abertura da exposição das bicicletas decoradas pela comunidade de Prospect, na Prospect Art Gallery, dentro da Biblioteca do bairro. Para minha surpresa, minha pequena bicicleta amarela ficou no jardim bem em frente à Biblioteca!)

 

Cheers!
Paula Albuquerque

 

 






RSS   


Comentarios para esta noticia

 

Publicidad

Publicidad