Notícias

Como responder testes de múltipla escolha

      
(Crédito: Barnwell / Shutterstock.com)
(Crédito: Barnwell / Shutterstock.com)

 

O conselho que mais ouvimos para um teste de múltipla escolha é: na dúvida, fique com sua primeira resposta. E a maioria dos universitários concorda: em um estudo feito com 75% dos entrevistados concordaram que mudar sua primeira escolha irá diminuir seus acertos gerais. Instrutores também pensam assim. Mas eles estão errados.

 




» Leituras obrigatórias para o vestibular da Fuvest 2013
» Leituras obrigatórias para o vestibular da Unicamp 2013
» Revisão: Todos os pontos que uma redação no vestibular deve ter
» Estude para o vestibular com quadrinhos!

 

Uma pesquisa entre mais de 33 estudos diferentes feitos nos últimos 70 anos descobriu que, em média, pessoas que mudam suas respostas se saem melhor do que aquelas que não mudam. Pesquisa após pesquisa mostra que quando você muda sua resposta em testes de múltipla escolha é mais provável que mude de errado para certo do que de certo para errado. Então, de maneira geral, ficar com sua primeira resposta é a estratégia errada.

 

Por que tantas pessoas (incluindo muitas que deveriam saber mais, como os autores dos guias de preparação para testes) dizem que você deveria manter sua primeira resposta? Uma pesquisa publicada em no Journal of Personality and Social Psychology argumenta que isso acontece em parte porque é mais doloroso responder errado por ter mudado a resposta do que errar pela primeira resposta.

 

Lembramos muito mais das vezes que trocamos pela resposta errada do que pela certa. Então, quando fazemos uma prova antecipamos o arrependimento e nos convencemos que nosso primeiro instinto é o certo, quando, provavelmente, não é.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.