Thursday :: 23 / 10 / 2014

MaisNotícias | Arte por dia | Enem 2014 | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DO SITE

Noticia : Intercâmbio

Diário de bordo Adelaide: Uns dias em Sydney e a despedida da Austrália

Paula Albuquerque ganhou um intercâmbio de cinco semanas na Universidade de Adelaide, na Austrália. O concurso cultural foi fruto da parceria da Universia Brasil com a Latino Australia Education, a representante oficial das principais instituições de ensino da Austrália no País 


ImprimirImprimirEnviar a un amigo EnviarPDFPDF

(Crédito: Paula Albuquerque/Divulgação)

(Crédito: Paula Albuquerque/Divulgação)

 

Me despedi de Adelaide e passei 4 dias em Sydney antes de embarcar de volta ao Brasil. Sydney fica a duas horas de vôo de Adelaide e é uma cidade grande e linda - se for à Austrália, não deixe de passar pelo menos um final de semana por lá. Como meu hotel era no centro, pude conhecer várias das principais atrações da cidade a pé, o que acho sempre uma boa dica para descobrir também o que está fora dos roteiros turísticos. Flanando pelas ruas do CBD, passei pelo Hyde Park, uma praça/parque lindo bem no centro da cidade, onde muitos australianos se reúnem para almoçar, passar o tempo, passear com suas crianças ou fazer exercícios - e onde encontrei vários íbis, simpáticas aves de pescoço longo e bico comprido.

 

» Diário de Bordo Adelaide: Dia 17
» Diário de bordo Adelaide - As vinícolas de South Australia e minha despedida de Adelaide
» Mais Diário de bordo Adelaide por Paula Albuquerque

 

Aproveitei meu primeiro dia em Sydney para flanar por Darling Harbour, charmoso cais repleto de barcos, cruzeiros, lojas, bares e restaurantes, onde também se encontram o Museu Marítimo, o Museu de Arte Contemporânea e o Aquário de Sydney, aberto até às 20h (lembre-se que estamos na Austrália e tudo por aqui costuma fechar às 17h!) e um programa muito bacana para todas as idades. No Aquário vivem mais de 600 espécies de animais, mas os ornitorrincos, pingüins e tubarões roubam a cena (e os flashs!).

 

Numa city tour pela manhã, pude ter uma noção melhor da geografia da cidade, cruzando alguns dos principais highlitghts de Sydney: Darling Harbour, Sydney Harbour Bridge, The Rocks, Paddington, Woolloomooloo, Botanic Gardens, Bondi Beach (uma das praias mais famosas do mundo e um dos principais pontos turísticos da cidade. Novamente a organização australiana me impressionou: em Bondi você encontra armários e um banheiro público com chuveiros!). Última parada: Opera House, símbolo da Austrália. Realmente o projeto do arquiteto dinamarquês Jørn Utzon impressiona por sua forma inusitada e sua monumentalidade branca. Sua construção foi polêmica: começou em 1959, em 1966 Utzon deixou o projeto e a Opera House foi inaugurada em 1973, com 5 teatros, 5 estúdios de ensaio, 2 auditórios, 4 restaurantes, 6 bares e várias lojas de souvenir.

 

Cheguei em Sydney na época certa: a Art Gallery recebia uma retrospectiva de obras de Picasso expostas no Muséé Picasso de Paris. Emocionante imaginar que aquelas telas estiveram no atelier do mestre. Emocionante ver ao vivo o que só vemos em reproduções nos livros. Ver as obras em tamanho real, com as pinceladas e cores vivas em nossa frente. Lindo. Me emocionei especialmente com a tela 'Paul en Arlequin', de que tanto gosto, retrato do primeiro filho do artista vestido de Arlequim, com as bochechinhas rosadas e uma expressão linda.

 

Depois de Bondi Beach, não podia deixar de conhecer a também famosa Manly Beach. Num final de tarde ventoso peguei o ferryboat em Circular Quay, com vista privilegiada para a Opera House e Sydney Bridge, e fui passar algumas horas nesta bonita praia, cheia de pinheiros na orla, restaurantes, bares e surfistas.

 

A Austrália vai deixar saudades. Como contei no post anterior, foi um tempo bonito de muitas descobertas e auto-descobertas. Pretendo voltar à Adelaide para rever os novos amigos e aproveitar as milhares de atrações dos festivais Fringe e Womadelaide, em fevereiro e março, quando as ruas, teatros, galerias e praças são tomadas de arte e música de primeiríssima qualidade. A Austrália é imensa e na minha lista ainda estão Gold Coast, Brisbane, Melbourne, Perth… Uma vida não será suficiente!

 

Abraços em quem me acompanhou por aqui, e novamente um 'muito obrigada' ao portal Universia, à Latino Australia Education, à University of Adelaide e à Merry Wickes.

 

Até a próxima!
Paula Albuquerque

 

 






RSS   


Comentarios para esta noticia

 

Publicidad

Publicidad