Thursday :: 17 / 04 / 2014

Además Notícias | Erros inglês | Arte por dia | 700 cursos | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DEL SITIO

Noticia : Educação

3 dicas para motivar os alunos

Especialista em motivação educacional e comportamental elabora 3 dicas para ajudar os professores a motivar os estudantes


Imprimir Imprimir Enviar a un amigo Enviar PDF PDF Traducir Traducir

imagen-relacionada

Crédito: Auremar/ Shutterstock.com

Obviamente temos recursos limitados para desenvolver relações com todos os nossos alunos. Mas uma sala de aula pode ensinar muito

 

De acordo com o especialista em motivação educacional e comportamental Dr. Richard Curwin as mudanças no ambiente escolar são importantes para o desenvolvimento dos alunos. Para ele, é preciso oferecer alternativas para que essa mudança ocorra de forma natural na vida escolar. "É responsabilidade dos professores oferecer motivação e alternativas viáveis para que os estudantes tenham a capacidade de mudar", afirma Curwin, que dirige o programa de Mestrado em distúrbio de comportamento em David Yellin College, em Jerusalém.

 

» 6 dicas de motivação para você alcançar o sucesso profissional
» 4 dicas de motivação para os alunos
» 5 dicas de motivação para estudantes

 

Confira as 3 dicas selecionadas por Dr. Richard Curwin para motivar seus alunos:

 

1) Apreciação dos alunos

Há uma diferença entre a manipulação e a apreciação dos alunos. Manipular tem um destino final pré-determinado ("se você fizer isso, você vai ter isso".) enquanto apreciar é uma expressão de sentimentos originais. Apreciação é sempre dada após o comportamento de um aluno. Não é nem condicional nem pré-determinado. Quando apreciamos não estamos procurando repetir o desempenho. Avaliação vem do coração.

 

2) Introduza um desafio

Geralmente, quando desafiadas, a maioria das pessoas fica mais determinada e motivada a realizar o desafio da melhor maneira. Fornecer um desafio apropriado para os estudantes bate qualquer forma de recompensa para motivação. O truque é encontrar o nível mais adequado de desafio. Desafio muito fácil só constrói um pouco de orgulho e gera muita frustração. A melhor maneira de fazer isso é oferecer vários níveis de desafio e deixar o aluno escolher, como acontece em um jogo com vários níveis de dificuldade.

 

3) Conheça seus alunos e mostre cuidado

Pense nos melhores professores que você já teve no jardim de infância até a pós-graduação. Todos eles tinham uma coisa em comum: eles realmente se preocupavam com o seu bem-estar. Eles falaram com você sobre seus sentimentos em torno de questões escolares, seus sucessos, fracassos e necessidades. Obviamente, temos recursos limitados para desenvolver relações com todos os nossos alunos. Mas uma sala de aula pode ensinar muito mais que vida.

 

 






RSS   


Comentarios para esta noticia

 

Publicidad

Publicidad