Notícias

Ouvir ópera inibe rejeição de órgãos transplantados

      
Crédito: Arsgera / Shutterstock.com
Crédito: Arsgera / Shutterstock.com

 

Resultados de um estudo publicado no Journal of Cardiothoracic Surgery indicam que a ópera e a música clássica são capazes de reduzir a rejeição de transplantes de coração realizados em ratos.

 

» Ouvir música clássica pode deixá-lo mais inteligente
» Todas as músicas de Wolfgang Amadeus Mozart para download grátis
» Qual é a música mais relaxante do mundo?

 

Ainda que a música já venha sendo usada no âmbito clínico para reduzir a ansiedade diante certas operações, os mecanismos pelos quais a música provoca a mudança na função cerebral ainda não estão claros, assim como a sua relação com o sistema imunológico, responsável pela rejeição de transplantes.

 

Os pesquisadores testaram o efeito de diversos tipos de música sobre o tempo que o órgão transplantado levava para funcionar sem apresentar falhas. Enquanto com a ópera e a música clássica os resultados obtidos foram positivos, as músicas mais atuais e dançantes não possuem o mesmo efeito.

 

De acordo com um dos autores da pesquisa, os ratos que escutavam obras de ópera como “La Traviata” apresentavam um maior número de células CD4+CD25+ e de citocinas antiinflamatórias, responsáveis pela regulação da resposta imunológica periférica. Para os autores isso tem como consequência uma maior sobrevivência do transplante.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.