Notícias

Pessoas bonitas são mais inteligentes?

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Cientistas australianos e norte-americanos pesquisaram a precisão com que julgamos a inteligência das pessoas ao longo da vida, desde crianças a idosos, quais qualidades físicas contribuem para essa avaliação e quais são os fatores que desenvolvem a relação entre o QI e as características faciais.

 

» QI elevado aumenta propensão ao consumo de drogas
» 6 alimentos que te tornam mais inteligentes
» 4 dicas para ser mais inteligente

 

Surpreendentemente, as crianças são os indivíduos com os julgamentos mais precisos. Os fatores mais comuns para a relação entre aparência e inteligência foram as influências biológicas e ambientais da inteligência na aparência.

 

Muitos estudos já haviam descartado a relação entre a inteligência aparente e a inteligência real, porém outros acharam ligações fortes entre a aparência e o QI. Para investigar esse fenômeno, os cientistas decidiram analisar as pesquisas publicadas anteriormente. Foram analisadas fotografias faciais e o critério utilizado para determinar inteligência foi o QI (quociente intelectual).

 

Os estudos incluíram mais de 1500 homens e mulheres para julgar as fotos de pessoas de todas as idades e gêneros. Os resultados mostraram que é possível determinar a inteligência de outras pessoas de forma mais eficaz se formos expostos a fotografias ou amostras da voz desses sujeitos.

 

Para os pesquisadores, os resultados são evidência de que a detecção da inteligência é feita tanto para o sucesso reprodutivo (de forma a evitar reprodução com indivíduos portadores de deficiência mental) e alcance de metas individuais (solicitar informações ou conselhos de pessoas mais capacitadas).

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.