Aviso de cookies

Por meio de cookies próprios e de terceiros, coletamos informações para fornecer melhores serviços a todos os usuários. Compilamos informações estatísticas sobre a sua navegação para mostrar uma publicidade que tenha relevância com seus hábitos de navegação. Sempre que quiser, poderá desativar os cookies do seu browser. Se continuar navegando, consideramos que aceita os termos da política de utilização de cookies.

text.compare.title

text.compare.empty.header

Atualidade universitária

 
Crédito: Wikipédia

 

A obra escolhida hoje para o projeto Um Pouco de Arte para sua Vida é A Dança, do pintor francês Henri Matisse. A pintura foi encomendada pelo patrono de Matisse, Sergei Shchukin, em conjunto com outra obra, chamada Música.

 

 

» Confira a lista de todas as obras de arte

» Sobre o projeto "Um pouco de arte para sua vida"

 

As pinturas seriam colocadas no Palácio Trubetskoy, mansão de Sergei em Moscou, e, a princípio, o russo não gostou da ideia de ter pinturas com personagens nus expostas ao público. Por isso pediu que as bailarinas tivessem vestidos, mas Matisse se negou e enviou a seu patrono esboços em aquarela das dançarinas nuas. Com o esboço em mãos, Segei mudou rapidamente de ideia.

 

No entanto quando a obra, ainda inacabada, foi exposta no Salão de Outono de 1910 em Paris, seu autor foi alvo de duras críticas, o que fizeram com que seu patrono cancelasse a encomenda. Embora o golpe tenha deixado o artista desanimado, após alguns dias de reflexão, Matisse decidiu conluí-la.

 

Acredita-se que a ideia da composição surgiu em 1905, enquanto o pintor observava alguns pescadores realizando uma dança de roda, a sardana, em uma praia do sul da França. As formas simplificadas das dançarinas ocupam toda a tela, em um padrão rítmico de movimento expressivo. Além disso, Matisse limitou a sua paleta em apenas três cores: azul para o céu, laranja-rosado para os corpos e verde para as colinas.

 

A simplicidade do desenho, com seus três elementos básicos - dançarinas, uma vastidão vazia de verde e outra de azul -, cria uma imagem na qual as relações abstratas entre forma e cor são fundamentais.

 

 

4 detalhes de A Dança se destacam:

1. Imagens distorcidas:

Cinco personagens dão as mãos com o objetivo de criar um círculo, como parte de uma dança em turbilhão. A energia contida em meio à ação é passada ao espectador por meio dos contornos sinuosos das pernas e dos pés da dançarina na extremidade.

 

 

2. Curvas rítmicas:

Dispostos conta o fundo azul, os braços marrom-avermelhados das dançarinas criam um ritmo ondulado por toda a composição. A anatomia delas é simplificada para aumentar o impacto. Enquanto a dançarina do meio inclina sua cabeça para a frente, a curva de seus ombros torna-se parte dos padrões ascendentes e descendentes dos braços entrelaçados.

 

 

3. Elementos cortados:

Na parte superior, à direita, o contorno da cabeça de uma das dançarinas é cortado pelo limite da tela, ajudando a dar a impressão de movimento. Em outros pontos do quadro os personagens atravessam ou tocam a margem. O confinamento faz com que o olhar mantenha-se concentrado na composição intencionalmente simples.

 

 

4. Tensão dinâmica:

As mãos de dois personagens se soltam durante a dança. O espaço entre elas expressa então. A diagonal criada pelos braços estendidos ajuda a manter a sensação de movimento.

 

A Dança

 

 

Ficha Técnica - A Dança:


Autor: Henri Matisse
Onde ver: Museu Hermitage, São Petesburgo, Rússia
Ano: 1910
Técnica: Óleo sobre tela
Tamanho: 2,60m x 3,91m
Movimento: Fauvismo

 

 



Tags:
Comentar

Comentários

    Ver mais 20 resultados

    Comente

    Ver mais