Notícias

Vacina contra infarto é desenvolvida por cientistas

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Jan Nilsson, da Universidade de Lund, na Suécia, e Prediman Shah, do Instituto do Coração Cedars-Sinai, em Los Angeles são responsáveis pelos estudos de uma vacina que promete revolucionar o tratamento de doenças do coração. O medicamento combate a aterosclerose, produzida quando a acumulação de gordura nas artérias causa o estreitamento e redução do fluxo de oxigênio ao coração, o que pode conduzir a um infarto.

 

» Pesquisadores desenvolvem vacina contra vício em heroína
» Vacina contra o câncer pode estar disponível em 3 anos
» Vacina potente poderia combater o Alzheimer

 

Os estudos com animais já demonstraram que as injeções de anticorpos podem alterar a forma como o sistema imunológico reage aos depósitos de gordura nas artérias, o que diminui a inflamação e severidade da acumulação de gordura. Experimentos feitos com camundongos já mostraram a redução de até 70% da acumulação de gordura nas artérias dos animais.

 

De acordo com Shah, “os tratamentos atuais reduzem apenas 40% do risco de que um paciente desenvolva doenças cardiovasculares”. A injeção poderia mudar as estratégias para combater as doenças do coração, pois atacaria de forma direta suas causas básicas. O professor Nilsson diz que, “como os tratamentos são medidas preventivas completamente diferentes, a vacina poderá ser utilizada em conjunto com as terapias atuais”.

 

Atualmente estão em desenvolvimento versões diferentes do tratamento, que utilizam os mesmos materiais, uma injeção e um spray nasal. Além disso, os pesquisadores trabalham com outro enfoque: injetar diretamente os anticorpos para combater o colesterol ruim no sangue, que forma depósitos de gordura nas artérias. A segunda fase da pesquisa será realizada em mais de 20 centros médicos dos Estados Unidos e Canadá.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.