Notícias

Como criar a playlist ideal para escrever

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Não importa se você é um profissional da comunicação ou tem que escrever umaredação para a escola. Escrever nunca foi fácil. Mas você pode tirar inspiração de músicas, assim como elas também podem ajudar a relaxar. Para os jornalistas atordoados com as deadlines, o melhor remédio é se acalmar para entregar o texto no prazo.

 

» Ouvir sua música preferida aumenta o desempenho, diz estudo
» Ouvir música clássica pode deixá-lo mais inteligente
» Todas as músicas de Wolfgang Amadeus Mozart para download grátis

 

Primeiramente, se você quer se concentrar, não escolha uma música muito pesada, que "estoure" seus ouvidos. Por isso, deixe de lado rap e rock pesado. Eles são incômodos demais ao ouvido, mesmo que você goste deste estilo musical. Evite também as músicas que contêm letras, pois elas distraem e podem até ser deprimentes.

 

Escrever é um ato cognitivo que pode ser facilmente influenciável pelas intervenções de fora. E pior, às vezes, nem percebemos. Por exemplo, você está escrevendo algo quando seu companheiro de trabalho afirma: "vou almoçar" e você coloca esse verbo no seu texto inconscientemente. Não é algo fora do comum. Quem está acostumado a escrever todo o dia sabe que isso não é exagero. Uma música com letra pode ser pior ainda.

 

Por isso, prefira as instrumentais. Mas não escolha nada muito exagerado, como Beethoven ou Wagner, pois eles podem atrapalhar o processo. Você acabaria recortando drasticamente os parágrafos e escrevendo tudo em Caps Lock. Provavelmente quebraria seu teclado também.

 

Que tal um Chopin? Suas músicas são mais brandas e relaxantes. Porém, se você estiver escrevendo durante a noite, não beba nada descafeinado ou que dê sono. Mozart e Bach também são ótimas opções.

 

Além das clássicas, o jazz também ajuda. Vince Guaraldi, Laura Caviani, Oscar Peterson e David Benoit são boas escolhas. Para as composições mais criativas, escute algo mais inclinado para o saxofone, como Illinois Jacquet, Dave Koz e até John Coltrane.

 

A última sugestão é Django Reinhardt. A recapitulação dele de La Marseillaise é fantástica. Se quiser, procure no Youtube como Echoes of France: Django. Boa escrita!

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.