Notícias

Missão Unisinos no exterior leva alunos aos Estados Unidos e à Coreia do Sul

      
Crédito: Divulgação
Crédito: Divulgação

 

A missão da Unisinos no exterior já levou 1 aluno aos Estados Unidos e mais 13 estudantes à Coreia do Sul. No país americano, o reitor e a comitiva da universidade visitaram instituições de ensino americanas, empresas de semicondutores e o Vale do Sicílio.

 

» Unisinos inicia missão pelos EUA, Coreia do Sul e Espanha
» Unisinos abre inscrições para a conferência TEDxUnisinosChange
» 2 bolsas de estudo para pesquisa e desenvolvimento profissional nos Estados Unidos

 

O presidente do Badesul, Marcelo Lopes, acompanhou o grupo durante a visita à Universidade de Santa Clara, na Califórnia. "O modelo existente no Vale do Silício é tão bem estruturado que qualquer empresa, mesmo estrangeira, se adapta ao espaço. Esta organização deve servir de exemplo para o Rio Grande do Sul", sentenciou.

 

No dia 2 de maio, quarta passada, o reitor da Unisinos, padre Marcelo Fernandes de Aquino, e Cristiano Richter, diretor de Desenvolvimento e Expansão da universidade, chegaram à Coreia do Sul.

 

3 dias após, no sábado passado (5), os alunos da Unisinos se reuniram com as autoridades da Unisinos que lá se encontravam. 13 alunos já estão na Coreia do Sul junto com o professor Márcio Rosa da Silva. Até o fim do ano, mais 5 alunos viajarão para lá.

 

Eles também se encontraram com representantes da KAIST, SKKU, Sogang University e Ministério da Economia do Conhecimento para entregar os convites da segunda edição do Fórum Brasil-Coreia, que acontecerá em outubro na Unisinos.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.