Notícias

MIT e Khan Academy fazem parceria para desenvolver video aulas

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

O MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) resolveu unir esforços a Khan Academy e está revolucionando a aprendizagem online. O instituto está incentivando seus alunos a produzirem vídeos curtos, de 5 a 10 minutos, para ensinar conceitos básicos de ciências e engenharia a estudantes da educação infantil ao ensino médio.

 

» 19 aplicativos para estudar álgebra
» Confira os melhores vídeos educativos
» 5 sites que vão deixar você mais inteligente

 

O projeto MIT+K12, vai disponibilizar essas miniaulas em seu site e em um canal específico do YouTube. Algumas vão fazer parte da Khan Academy, projeto lançado por um ex-aluno do MIT que começou dando aulas para os sobrinhos pelo YouTube e se tornou um sucesso mundial.

 

A ideia estava em teste desde o segundo semestre do ano passado e, no fim de abril, o site da iniciativa foi lançado já com dezenas de vídeos disponíveis sobre assuntos que incluem astronomia, biologia, química, engenharia e física.

 

Em um deles, um aluno de química ensina o conceito de ácido e base para alunos de seis anos. Para atrair a atênçao dos pequenos, a explicação começa com uma espécie de mágica: o jovem enche copos aparentemente vazios e o líquido que cai nos copos toma a cor que ele ordena. Em seguida, o estudante do MIT vai ao laboratório e explica o que fez o líquido mudar de cor.

 

Além desse vídeo, pela plataforma é possível também aprender como ocorre a transferência de calor entre os corpos, como os aviões voam, assistir a uma representação de guerra entre fungos e bactérias e uma série de outros temas, sempre apresentados de forma lúdica. Para assistir às aulas pelo site, basta clicar no assunto ou na série desejada.

 

Para participar, os alunos do MIT tanto podem escolher o assunto que gostariam de explicar, quanto tratar de temas sugeridos pelos professores. Uma vez que sua proposta tenha sido aceita, os universitários se tornam roteiristas, atores, produtores e diretores. Eles terão uma aula sobre como fazer e editar vídeos, receberão ajuda de custo para desenvolvê-lo, orientação dos professores e terão à disposição todo o aparato do MIT para transformar a ideia em uma aula interessante.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.