• Quem é você?

Notícias

Educação aprova exibição de filmes nacionais em aula de arte

      
Crédito: Reprodução
Crédito: Reprodução

 

A Comissão de Educação e Cultura aprovou na quarta-feira (9), a proposta que privilegia a exibição de filmes nacionais na disciplina de arte das escolas de ensino básico. De acordo com a Agência Câmara de notícias, o texto aprovado é um substitutivo do relator deputado Paulo Rubem Santiago (PDT-PE) ao Projeto de Lei 7507/10, do Senado, e altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB – Lei 9.394/96).

 

» Arte deve cair no Enem 2012
» 90 anos da Semana de Arte Moderna
» Conheça o projeto "Um pouco de arte para sua vida"

 

A proposta original tornava obrigatória a exibição de filmes e audiovisuais de produção nacional nas escolas de ensino básico e determinava o período mínimo de duas horas mensais para a exibição.

 

Segundo Santiago, a mudança foi feita para garantir a exibição de filmes nacionais, mantendo a autonomia escolar de escolha de conteúdo. “Deixamos para a escola a melhor forma, bem como a quantidade mínima de horas mensais de exibição dos filmes nacionais”, afirmou.

 

Aulas de arte

O substitutivo incluiu também a definição de que as aulas de arte devem prever o estudo de música, artes cênicas, visuais e audiovisuais, além de patrimônio artístico, arquitetônico e cultural. Atualmente, apenas o ensino de música é obrigatório.

 

“Queremos que nossos alunos possam ter contato com as mais diferentes linguagens artísticas, garantindo-se a eles o acesso à rica diversidade cultural brasileira”, disse o deputado.

 

A proposta ainda exclui a obrigação do ensino de educação ambiental e princípios de proteção e defesa civil dos currículos da educação básica.

 

Tramitação

O projeto tramita em regime de prioridade e em caráter conclusivo e ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.