Notícias

Estudo diz que pensamos melhor quando estamos com fome

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Os pesquisadores holandeses Maarten Bos, Ap Dijksterhuis e Rick van Baaren apresentaram recentemente os resultados de uma pesquisa onde foi testada a influência do nível de glicose no sangue em atividades feita de forma consciente e inconsciente.

 

» 4 maneiras de ser mais decisivo
» Por que ficamos bravos quando estamos com fome?
» Fumar inibe a fome?

 

De acordo com o estudo, ao tomarmos decisões, o inconsciente é confiável quando os níveis de glicose estão baixos, enquanto que deliberações feitas de forma consciente funcionam melhor quando a glicose está elevada.

 

Para testar as hipóteses de que os níveis de glicose afetariam de formas diferentes o pensamento consciente e inconsciente, os cientistas fizeram diferentes experimentos que manipulavam os níveis sanguíneos de glicose. Os resultados foram publicados em maio, no Journal of Neuroscience, Psychology, and Economics.

 

É a partir da molécula de glicose que conseguimos energia para realizar todas as atividades do dia. Ela pode ser encontrada em diversos alimentos, como uvas e outros frutos. Além disso, pode ser consumida junto com outras moléculas, como a frutose e a galactose. Nesse formato é encontrada no leite, vegetais, leguminosas e em sementes.

 

O nosso raciocínio também depende desse carboidrato e sabemos que, quando nossos níveis de energia estão baixos, o desempenho em diversas atividades feitas de forma consciente é afetado negativamente. Os pesquisadores dizem que os processos inconscientes, por sua vez, requerem menos energia e podem acontecer de forma ininterrupta mesmo quando os níveis de glicose estão baixos.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.