Notícias

Como escrever uma autobiografia

      
A autobiografia é a história de nossa vida escrita por nós mesmos
A autobiografia é a história de nossa vida escrita por nós mesmos  |  Fonte: Shutterstock
  • Alguns pensam que escrever é uma atividade complicada, mais ainda se for sobre si mesmo.
  • Você está sujeito a falar de si nas cartas de apresentação.
  • E é comum os professores pedirem tarefas como essa.

A autobiografia é a história de nossa vida escrita por nós mesmos. É uma espécie de uma radiografia daquilo que vivenciamos. Uma recordação detalhada de nossas conquistas e fracassos, que tomam conta do papel em branco e se perpetua, para que outros possam ler. Mas essa atividade é requerida quando se trata de uma procura por emprego. Ainda existem muitas empresas que nao dispensam conhecer a maneira como você se descreve. Isso ocorre nas cartas de apresentação.

Além disso, ser capaz de escrever uma autobiografia não terá utilidade apenas na sua carreira acadêmica. Em algum ponto na sua vida profissional você será cobrado por isso, seja por um recrutador ou mesmo por pessoas do seu network. Confira como fazer uma autobiografia:

1. História

Antes de começar, você precisa entender que a sua história pode ser muito mais interessante do que você acredita. É importante sentir que vale a pena ser contada, que sua experiência pode ser de utilidade para as pessoas, nem que seja a título informativo. Para isto, inspire-se: leia a biografia de alguns personagens famosos, e se forem os que você gostar, melhor. É desta maneira que você vai reparar como se escreve neste estilo literário por parte de grandes profissionais. Anote as ideias que mais te chamem a atenção.

2. Desperte interesse 

O seu trabalho é pegar tudo aquilo que já viveu e tornar isso interessante para os seus leitores. Encontre os melhores pontos e trabalhe neles. Um bom truque é tentar lembrar o máximo que puder sobre sua vida e anotar aquilo que considera mais interessante.

3. Lembre-se dos detalhes

Embora seja óbvio que a sua autobiografia deve conter os acontecimentos mais importantes da sua vida, lugar de nascimento e essas informações básicas, lembre-se dos detalhes, são eles que dão vida ao seu texto. Conte sobre as curiosidades da sua família, como você lida com seus primos, pais e tios, etc. Você deve ter uma boa história sobre a casa da sua avó para contar.

4. Não pule etapas

Não vá do seu nascimento para a sua fase atual, isso deixa uma lacuna na sua história. Seja específico, fale sobre o seu crescimento, as experiências que passou até chegar ao que você é hoje. Muito do que você é hoje foi formado na sua infância. Não se esqueça de dizer isso na sua autobiografia.

5. Exponha a sua cultura

A maneira como você vive, se comporta, aquilo que você gosta e até mesmo o que não gosta. Tudo isso deve estar presente na sua autobiografia. Considere questões como as suas preferências musicais, literárias, seus alimentos favoritos, para quais lugares você gosta de sair, etc. Sem esse tipo de informação – que pode ser dada de forma implícita – sua autobiografia não contará a realidade sobre você.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.