Friday :: 22 / 08 / 2014

AdemásNotícias | Arte por dia | Enem 2014 | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DEL SITIO

Noticia : Um pouco de arte para sua vida

Conheça O Lago das Ninfeias, de Claude Monet

A 122ª obra homenageada hoje pelo projeto Um Pouco de Arte para sua Vida é do artista francês Claude Monet


ImprimirImprimirEnviar a un amigo EnviarPDFPDF

(Crédito: Wikipédia)

(Crédito: Wikipédia)

Essa obra faz parte de uma série de quadros na qual Monet se propôs a captar o mesmo tema várias vezes, em diferentes momentos do dia e sob diferentes condições de luz

 

O projeto Um Pouco de Arte para sua Vida homenageia hoje a pintura O Lago das Ninfeias, do artista francês Claude Monet. O lago com a ponte em arco que inspirou a cena fica na area rural de Giverny, a noroeste de Paris.

 

 

» Confira a lista de todas as obras de arte

» Sobre o projeto "Um pouco de arte para sua vida"

 

A imagem calma harmoniza tons, cores e texturas em um retrato de um jardim aquático cheio de reflexos. Monet considerava o extenso jardim sua obra de arte mais bela e ocupou-se dele durante grande parte de sua vida, especialmente nos últimos anos, quando O Lago das Ninfeias foi feito.

 

O pintor buscava registrar e transmitir as impressões e sensações que experimentava ao pintar ao ar livre e ao longo de sua vida foi fascinado por efeitos de luz e da atmosfera. Na pintura, pinceladas curtas e rápidas formam a superfície da agua salpicada de flores, criando um efeito harmônico.

 

Essa obra faz parte de uma série de quadros na qual Monet se propôs a captar o mesmo tema várias vezes, em diferentes momentos do dia e sob diferentes condições de luz. A pintura sintetiza os ideais impressionistas sustentados pelo pintor, transmitindo uma profunda sensibilidade em relação à natureza. Nos últimos anos o lago tornou-se tema dominante do artista.

 

 

4 detalhes de O Lafo das Ninfeias se destacam:

1. Manchas de luz:

Monet usava pequenas pinceladas de tinta espessa em tons de amarelo e verde claro para dar a impressão de luz do sol atravessando as árvores. Com a tinta seca ele aplicava tinta azul e verde escuros. Os tons escuros dão volume às árvores e as pinceladas lembram tufos de folhas, enquanto as camadas de verde e amarelo destacam pontos luminosos.

 

 

2. A ponte:

A curva suave da pone corta o quadro. O lilás suave se harmoniza com o lago embaixo e com a folhagem ao redor. Mas a ponte, na verdade, é de um verde muito vivo e se cobre de glicínias brancas no início do verão. A estrutura simples e decorativa lembra as pontes orientais.

 

 

3. O lago:

O tratamento que Monet dá aos desenhos da luz do sol na suérfície do lago produz um efeito quase abstrato. Os reflexos das árvores podem ser vistos nas áreas vazias do lago, representados com pinceladas verticais de cores claras.

 

 

4. Ninfeias:

Monet captou a delicadeza das flores com pinceladas curtas de tinta branca espessa, salpicos de rossa e toques de vermelho profundo. Nessa pintura as flores parecem se fundir em um padrão colorido, com grande qualidade decorativa.

 

O Lago das Ninfeias

 

 

Ficha Técnica - O Lago das Ninfeias:


Autor: Claude Monet
Onde ver: Musée D'Orsay, Paris, França
Ano: 1899
Técnica: Óleo sobre tela
Tamanho: 89,5cm x 92,5cm
Movimento: Impressionismo

 

 






RSS   


Comentarios para esta noticia

 

Publicidad

Publicidad