Notícias

Idade das pessoas pode ser identificada pelo cheiro, diz estudo

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

Neurocientistas do centro de pesquisas Monell, na Filadélfia, Estados Unidos, publicaram recentemente na revista PLoS One os resultados de um estudo que revelou que é possível saber a idade de uma pessoa a partir de seu cheiro. O co-autor da pesquisa, Johan Lundström, explica como isso é possível. “Como muitos outros animais, a partir do odor corporal somos capazes de saber a idade biológica de um indivíduo, eleger uma parceira apropriada, evitar pessoas doentes e distinguir nossos familiares.” De acordo com Lundström, essas informações seriam transmitidas através do odor, que muda na medida em que as pessoas envelhecem.

 

» O cheiro é a chave para a criatividade?
» Por que a nossa voz muda conforme envelhecemos?
» Pensar que vamos morrer é bom para a vida, revela estudo

 

Os neurocientistas descobriram que os seres humanos são capazes de diferenciar os odores corporais de pessoas mais velhas (75-95 anos), adultas (45-55) e jovens (20-30). Além disso, os cheiros que para nós são mais suaves e agradáveis são aqueles de pessoas mais velhas, enquanto que os jovens emitem um odor pessoal mais característico e intenso, qualificado como “suado” ou “almiscarado”.

 

Ao avaliar as diferenças entre homens e mulheres, os pesquisadores observaram que os odores de homens adultos e jovens eram qualificados como mais desagradáveis que o de mulheres da mesma idade. Por outro lado, em idades mais avançadas, os cheiros masculinos eram avaliados como mais agradáveis que os de mulheres.

 

Teoricamente e em nível biológico, os cientistas afirmam que essa diferenciação acontece porque os machos mais velhos seriam mais “desejáveis”, já que seus genes poderiam resultar em maior longevidade para a descendência. Já as mulheres mais velhas deveriam ser “evitadas” porque seus sistemas reprodutivos são mais frágeis que os das jovens.

 

A partir dessas conclusões, os pesquisadores procuram agora identificar os biomarcadores utilizados por nosso organismo para identificar a idade a partir do odor corporal e também quais são os mecanismos cerebrais que permitem reconhecer e avaliar as informações obtidas por meio dos odores.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.