• Quem é você?

Notícias

77 dicas para aprender melhor, mais rápido e mais profundamente

      
Seja aplicado nos estudos sem deixar de perseverar
Seja aplicado nos estudos sem deixar de perseverar
  • As férias estão chegando ao fim e mais um semestre de aulas vai se iniciar.
  • Para que você aumente seu conhecimento e possa aproveitar ainda mais os estudos, separamos várias dicas de saúde, concentração, memóriamotivação, técnicas para autodidatas e conselhos para professores e pais.
  • Confira a seguir 77 dicas para aprender melhor, mais rápido e mais profundamente.


Saúde


1. Mexa-se

Uma razão comum para a falta de concentração é baixa circulação do sangue. Se você está sentado há muito tempo em um lugar, mexa as suas pernas durante um minuto ou dois. Você pode fazer isso na cadeira ou sair para uma volta rápida.

2. Não pule o café da manhã

É costume entre muitas pessoas ignorar a primeira refeição do dia. Mas o café da manhã é muito importante e não deve faltar especialmente para quem estuda no período matutino. Lembre-se que a falta de proteína, além de provocar dor de cabeça, também prejudica a criatividade e concentração.

3. Lanches leves

Durante os intervalos entre as aulas opte por lanches leves, como uma barra de cereais ou frutas. Comidas muito pesadas podem causar sonolência.

4. Gingko biloba

A planta Ginkgo biloba é usada no combate aos radicais livres e como auxiliar da oxigenação cerebral. É um suplemento natural usado para melhorar a memória e auxiliar na concentração.

5. Estresse e depressão

estresse e depressão podem reduzir a habilidade de lembrar informações e inibir o aprendizado.

Equilíbrio


6. Dormir

A importância do descanso é imensa para os estudos. Não importa quanto tempo você gaste com leituras, seu sono deve ser preservado todos os dias.

7. Faça uma boa pausa

Faça um intervalo de cinco a 15 minutos de duração para cada hora de estudo. É a oportunidade que sua mente necessita para absorver as informações e evitar o estresse e tensão de ficar muito tempo concentrada em apenas uma única coisa.

8. Faça uma caminhada pelo bairro

Se você estuda pela manhã, pela tarde faça uma caminhada rápida pelo bairro ou pela sua rua para mudar de perspectiva e pensar em outras coisas.

9. Mude o foco

Se você não tem tempo para fazer uma caminhada ou uma pausa a cada hora de estudo, mude o foco de sua atenção. Alterne entre matérias técnicas e não técnicas, por exemplo, história e física.

 

Perspectiva e foco


10. Modos de aprendizado

Além de mudar de matérias você também pode mudar de modos de aprendizado. Alterne entre materiais visuais, sonoros e sinestésicos.

11. Medite andando

Você pode revisar conteúdos e meditar sobre eles enquanto anda. É uma ótima maneira de se exercitar e aprender ao mesmo tempo.

12. Foco total

Enquanto estiver estudando tenha foco total naquilo que faz. Não tente assistir televisão ao mesmo tempo. Fazer duas coisas ao mesmo tempo pode aumentar a ansiedade e diminuir a capacidade de aprendizado e retenção de conteúdos.

13. Bloqueie as distrações externas

Sons altos e outras distrações externas podem atrapalhar seu aprendizado. Procure um local silencioso de estudos onde é possível se concentrar sem nenhum lapso de atenção e foco.

14. Tomar banho

Tomar um banho ou uma ducha rápida ajuda você a relaxar a mente e deixá-la mais preparada para aprender e ter ideias.

 

Técnicas de memória


15. Ouvir música

Fazer músicas para se lembrar de conteúdos mais difíceis é uma ótima forma de treinar sua memória.

16. Leitura dinâmica

Técnicas de leitura dinâmica podem ajudar você a ler com mais eficiência. Se você deseja ler mais rápido, mas sem perder nenhum conteúdo, aproveite essas técnicas para aprimorar a leitura.

17. Acrônimos

Acrônimos, ou siglas, são palavras formadas pelas primeiras letras de várias palavras. Você pode usá-los para lembrar-se de nomes e outras informações difíceis de recordar.

 

RECURSOS VISUAIS


18. O valor das imagens

Desenha um esquema ou ilustração simples daquilo que está aprendendo.

19. Faça um mapa mental

Se você tem dificuldades para se lembrar de temas históricos, crie um mapa mental de acontecimentos interligados. Esse recurso pode ajudar você a relacionar informações e lembrar-se com mais precisão e facilidade.

20. Símbolos

Crie ou memorize símbolos de determinadas disciplinas para aprender com mais facilidade. Pode ser o caso de matemática ou física, por exemplo.

21. Use recursos on-line

Há diversos cursos e canais de vídeos on-line que podem ajudar você a estudar. Procure por aquilo que é de seu interesse e aproveite as informações.

22. Use materiais gráficos

Cartazes e ilustrações também são ótimas maneiras de aprender. Você pode criar uma estrutura para cada conteúdo e relacioná-la com aquilo que precisa lembrar-se mais tarde.

23. Organize seus pensamentos

Mapear aquilo que você aprende também é muito importante. Para concluir os estudos do dia faça um mapa de tudo que você aprendeu, sem consultar suas anotações ou livros, é claro.

 

Recursos auditivos


24. Jogos de rimas

Assim como as músicas você também pode usar jogos de rimas ou palavras sem sentido para lembrar-se das matérias.

25. Brainstorm

Reúna-se com outras pessoas para fazer um brainstorm de estudos. Dividam dicas, ideias e técnicas para melhorar o aprendizado de todos.

26. Grave áudios

Grave áudios de leituras e outras anotações suas e as escute durante o trajeto para a escola ou até mesmo antes de dormir. É uma ótima maneira de revisar conteúdos e aprender sem perda de tempo.

27. Super aprendizado

Algumas práticas são essenciais para que você tenha um super aprendizado: dormir, relaxar, descansar, meditar, estar alerta e concentração. Cultive esses hábitos e aproveite os estudos de forma equilibrada.

28. Ria

Rir relaxa o corpo e a mente. Duas coisas muito necessárias para ter novas ideias e aproveitar o conhecimento.

 

Técnicas de sinestesia


29. Escreva e não digite

Escrever suas anotações e resumos são ótimas forma de aprender e reter conteúdos.

30. Carregue um caderno

Ideias inesperadas podem acontecer a qualquer momento. Para não perdê-las, leve um caderno de anotações com você, onde quer que for.

31. Mantenha um diário

Mantenha um diário com suas experiências de aprendizado e dificuldades. Você pode usar materiais visuais, como fotos, por exemplo, para realçar a memória.

32. Organize com cores

Organize as suas matérias com cores. Use canetas, fitas e marca textos coloridos.

33. Use blocos de anotação

Os blocos de anotação autocolantes são muito práticos e podem ajudar você a não esquecer de prazos de entrega para trabalhos e provas.

Dicas de motivaçao


34. Dê crédito para si mesmo

Use um sistema de recompensas para motivá-lo a se esforçar cada vez mais. Estabeleça metas e quando alcançá-las, escolha uma recompensa que gostaria de receber.

35. Motive-se

Por que você deseja aprender determinada coisa ou matéria? Qual é a sua meta principal? Estabelecer claramente seus objetivos pode ajudar você a se sentir motivado.

36. Prepare-se

Ao estabelecer uma meta, prepara-se ao máximo para conseguir alcançá-la. Procure recursos e informações que ajudam você a fazer isso.

37. Pense positivo

Tenha fé em si mesmo e acredite em suas capacidades, principalmente para as matérias que você tem maior dificuldade e não sente vontade de aprender.

38. Faça listas de organização

Uma dica que pode ajudar você a se organizar é fazer listas de coisas que precisa fazer ou aprender. Essas listas podem conter objetivos diários, semanais ou mensais, por exemplo.

39. Toda habilidade é aprendida

Falar, andar e gesticular. Praticamente tudo o que sabemos fazer é aprendido. Pense nisso quando estiver com vontade de desistir.

40. Reduza distrações

Aprender coisas novas, por exemplo, um idioma diferente, pode ser muito difícil, especialmente para pessoas na idade adulta. Reduzir as distrações enquanto estiver estudando é essencial para ser bem-sucedido.

41. Envolva outras pessoas

Envolver seus amigos e familiares pode ajudá-lo a aprender com mais eficiência e motivação.

42. Estabeleça regras

Determinar regras, prazos de entrega e limite de tempo pode ser uma forma de manter você concentrado e focado em suas metas de aprendizado.


Técnicas suplementares


43. Leia o máximo que você conseguir

Não apenas em número de livros ou páginas, mas também em diversidade de fontes e assuntos.

44. Conecte assuntos

Ler sobre coisas diferentes ajuda você a fazer conexões entre matérias inesperadas e a pensar criticamente.

45. Aprenda outro idioma

Aprender idiomas diferentes pode ajudar você a aprender mais sobre diversas coisas.

46. Aprenda como aprender

Converse com pedagogos e seus professores para saber sobre técnicas e dicas de como você pode aprender melhor.

47. Identifique o que você sabe

Muitas pessoas podem achar que não entendem ou sabem nada. Se você pensa assim, faça uma lista com todas as coisas que sabe fazer e já aprendeu.

48. Multi tarefa

Fazer várias coisas ao mesmo tempo não é bom, mas você pode organizar suas tarefas em categorias e blocos diferentes para que sejam feitas com mais agilidade e rapidez.

49. Tenha uma visão ampla

Uma visão ampla das coisas que você sabe é uma ótima forma de aprender com mais facilidade e profundidade.

50. Repetições

A repetição pode ajudar você a lembrar-se das informações com mais facilidade. Você pode, por exemplo, estudar a mesma matéria mais de uma vez por semana.

51. Faça testes

Peça para seus amigos ou um familiar para fazer perguntas sobre o que você estudou para saber se os conteúdos foram realmente absorvidos.

52. Tenha as ferramentas necessárias

Calculadora, réguas, lápis, borracha, e outras matérias básicas são essenciais para que você consiga estudar com eficiência.

53. Ferramentas on-line

Outras ferramentas que podem ajudar você, mas que estão disponíveis on-line são os tradutores de idiomas, calculadoras científicas e sites de busca, por exemplo.

54. Pensamento crítico

O pensamento crítico é muito importante para sua formação como indivíduo. Questione aquilo que aprende e busque diferentes visões sobre o mesmo assunto para não ser dominado por apenas uma linha de interpretação.

55. Resolução de problemas

A interpretação de texto é essencial para todas as matérias, não apenas para a gramática. Você precisa dela para resolver problemas de matemática, por exemplo, ou questões de biologia. Treine sua interpretação de textos com leituras desafiadoras.

 

Dicas para professores e pais


56. Seja envolvente

Informações simplesmente ouvidas ou vistas, por exemplo, em uma lousa, não são absorvidas concretamente e acabam esquecidas. Além disso, esse tipo de aula estimula o “decoreba” para a prova que muitos alunos adotam como estratégia para conseguir notas boas. Ensinar é muito mais que isso. Envolva os alunos no processo e aprenda com eles também!

57. Pirâmides de informação

Pode-se dizer que o aprendizado ocorre em camadas. Ninguém passa de cálculos simples para super equações em apenas alguns dias. São necessários anos de estudo para que conceitos mais complexos possam ser aprendidos. Seu ensino deve funcionar a partir desse conceito. Construa os conhecimentos básicos nas primeiras aulas e vá passando para as matérias mais complexas conforme o aprendizado dos alunos.

58. Use vídeo games

Há diversos jogos que podem ajudar você a dar aula. Esqueça os violentos e procure por jogos que possam, por exemplo, dar exemplos de matérias vistas em geografia ou história.

59. Encenar

Montar pequenas peças de teatro em sala de aula com seus alunos pode ajudá-los a entender melhor os conceitos ensinados. Outra dica é usar roteiros de cinema em sala de aula.

60. A regra do 80/20

Vamos adaptar a regra do 80/20 para o ensino. Podemos dizer que 20% das matérias ensinadas durante o ano requerem mais esforço e tempo, enquanto 80% não necessitam de tanto empenho.

61. Conte histórias

Use histórias para explicar os conceitos mais complexos (os 20% citados acima). Conteúdos de física ou geometria, por exemplo, podem ser compreendidos com mais facilidade quando você usa contextos presentes nas rotinas dos alunos para explicá-los.

62. Vá além do planejado

Muitas vezes, o currículo da escola não é suficiente para o aluno. Como pai ou professor você pode expandir esse horizonte e apresentar outras áreas menos exploradas dentro da escola, como a cidadania, a música e idiomas estrangeiros. O ensino de qualidade dessas matérias pode transformar o desenvolvimento dos estudantes.

63. Ensino na prática

Por que mostrar fotos de pinguins se você pode vê-los ao vivo? Ou estudar as regras da física apenas em exemplos de livros e não em um parque de diversões? O ensino na prática é uma das maneiras mais eficientes de aprender e nunca mais esquecer.

 

Dicas para estudantes e autodidactas


64. Seja aplicado

É fácil se sentir desmotivado com os estudos, principalmente quando você tem mais dificuldades para aprender determinadas coisas. Não deixe isso acontecer. Pense no tanto que você já conquistou até aqui e em tudo que está esperando você e seja aplicado nos estudos sem deixar de perseverar.

65. Ensine a si mesmo

Se você sente que pode aprender mais do que o que é passado na escola e quer ser desafiado, então aprenda de maneira diferente. Há diversos recursos nas bibliotecas e na internet para quem quer aprender sem ter que sair de casa.

66. Reúna-se

Se estudar sozinho não funciona e você gosta de ter os amigos por perto, monte um grupo de estudos.

67. Ensine outras pessoas

Ensinar é uma das melhores maneiras de aprender. Separe alguns amigos que têm dificuldades em matérias que você entende e explique esses conceitos de maneira objetiva e personalizada.

68. Escreva sobre tudo o que sabe

Você pode escrever sobre todas as matérias que aprendeu no ano escolar ou sobre as que mais gosta. Divida o conhecimento em tópicos e escreva sobre elas em um blog ou diário.

69. Aprenda com a experiência

Uma das formas mais fáceis de aprender é fazendo. Converse com seus pais e professores para que ajudem você a por na prática aquilo que aprendeu.

70. Faça testes

Depois de estudar você pode fazer testes consigo mesmo. Peça para seus amigos ou pais formularem perguntas para que você responda sem consultar nenhum material.

71. Aprenda o básico

Aprender exige paciência. Não tente passar por cima do básico e ir diretamente para os conceitos mais complexos. Você pode se frustrar e querer desistir antes mesmo de começar.

72. Planeje seu aprendizado

Planeje seu tempo e aprendizado para que sua vida permaneça equilibrada e você não fique desesperado quando a semana de provas estiver chegando.

 

Dicas finais


73. Persistência

Se você se sentir intimidado com novas matérias ou ao entrar na faculdade, não desista. Todos podem aprender inclusive você. Basta perseverar e nunca deixar que o medo ou insegurança sejam maior que isso.

74. Nunca aceite a derrota

Se as pessoas disserem que determinada coisa é impossível para você, feche seus ouvidos para esses comentários. Acredite em si mesmo e nunca pense que é incapaz de aprender.

75. Desafie a si mesmo

As pessoas são muito mais inteligentes do que pensam. Nunca se contente com o aceitável, mas procure desafios para aprender sempre mais e melhor.

76. Relaxe antes das provas

Se você seguir essas dicas e planejar seus estudos, não terá que se matar de estudar antes das provas. Aproveite o dia anterior para relaxar e pensar em outras coisas.

77. Compartilhe experiência, não seja neurótico

Não se preocupe, cada um tem seu tempo para tudo. Compartilhe suas experiências e preocupações com outras pessoas, seja presencialmente ou em fóruns on-line.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.