Saturday :: 22 / 11 / 2014

MaisNotícias | Arte por dia | Enem 2014 | Livros grátis | Cadastre-se | MAPA DO SITE

Noticia : Pesquisa

Pessoas que julgam e criticam as outras são mais infelizes, mostra estudo

Você costuma falar sobre o comportamento das pessoas? Cuidado, isso pode representar alguns problemas com a sua satisfação pessoal


ImprimirImprimirEnviar a un amigo Enviar

imagen-relacionada

Crédito: Shutterstock.com

Julgar e criticar outras pessoas é um indicativo de desgosto

 

Se você acha que apontar defeitos e problemas nos outros é um comportamento inofensivo, você pode estar enganado. Talvez esse tipo de comportamento não faça mal para as pessoas de quem você fala mas, de acordo com um estudo da universidade Wake Forest, nos Estados Unidos, isso diz muito sobre você.

 

» Testosterona pode funcionar como antidepressivo, diz estudo
» Fast food causa depressão, diz pesquisa
» Pessoas depressivas têm cérebro hiperativo, diz pesquisa

 

A pesquisa, publicada na revista Journal of Personality and Social Psychology, mostrou que ver os demais “com bons olhos” é um indicador de que você é uma pessoa feliz, entusiasmada, nobre e emocionalmente estável. Julgar e criticar outras pessoas, em contrapartida, é um indicativo de desgosto. Segundo o psicólogo e co-autor do estudo, Dustin Wood, “uma percepção positiva do resto das pessoas indica satisfação com a nossa própria vida”.

 

Sobre aqueles que percebiam negativamente o resto das pessoas com as quais se relacionam, é possível considerar-los narcisistas, infelizes, com tendência a depressão, neuróticos, antissociais e afetados por outros transtornos de personalidade.

 

A partir dos resultados, os pesquisadores sugerem que quando fazendo com que um indivíduo fale sobre os seus colegas de trabalho ou conhecidos, obtemos informação suficiente não apenas sobre a pessoa avaliada como também – e sobretudo! – a respeito do avaliador e de sua situação emocional.

 

 

Descoberta a proteína da depressão, diz estudo

 

 






RSS   


Comentarios para esta noticia

 

Suscríbete a nuestro boletín de noticias


Publicidad

Publicidad