Aviso de cookies

Por meio de cookies próprios e de terceiros, coletamos informações para fornecer melhores serviços a todos os usuários. Compilamos informações estatísticas sobre a sua navegação para mostrar uma publicidade que tenha relevância com seus hábitos de navegação. Sempre que quiser, poderá desativar os cookies do seu browser. Se continuar navegando, consideramos que aceita os termos da política de utilização de cookies.

text.compare.title

text.compare.empty.header

Atualidade universitária

 
Crédito: Shutterstock.com

 

Receber um aluno estrangeiro na classe em que você dá aulas pode ser complicado. Você não conhece o aluno, não sabe a cultura dele e, pior, não sabe como agir. Mas fique tranquilo: aqui vão algumas dicas que irão te ajudar a ser um ótimo professor para esse aluno.

 

Leia também:
» 3 dicas para professores usarem a Wikipédia em sala de aula
» 10 ferramentas online grátis para professores e estudantes
» 3 razões para professores apostarem nos vídeos

 

A seguir, confira 8 dicas para lidar com alunos estrangeiros:

 

1 – Pesquise sobre o local de onde eles vieram
Descubra de qual cidade o aluno veio e pesquise um pouco sobre a cultura local. Não dê aulas sem não ter nem ideia de como funciona as instituições de ensino do país em que ele morava. Evite, também, de fazer associações que só os seus conterrâneos entenderiam. Afinal, o aluno estrangeiro não iria compreender e não teria como participar da conversa.

 

2 – Tome cuidado com certos termos
Tome muito cuidado antes de falar alguns termos. Novamente, a pesquisa é essencial: existem algumas expressões que podem ser ofensivas, desrespeitosas ou até mesmo não ter sentido em outras culturas.

 

3 – Tenha paciência
Alguns alunos estrangeiros podem ter um jeito mais difícil de lidar, já que a cultura do país dele é diferente do seu. O sistema educacional muda muito de local para local, e você deve entender isso. Mostre que, agora, ele vive em um novo lugar e que existem regras diferentes, mas tome cuidado para não parecer rude. Nunca leve para o lado pessoal.

 

4 – Abuse de exemplos visuais
O idioma pode ser uma barreira muito difícil de ser quebrada com alunos estrangeiros. Você pode pensar que as suas expressões são claras, mas para a pessoa deve ser difícil de compreender o que você está querendo dizer. Portanto, abuse de exemplos visuais para explicar o que está sendo ensinado. Além de ajudar o aluno, isso também facilita para que ele conheça mais palavras no novo idioma.

 

5 – Reduza as referências culturais
Se você tem o hábito de utilizar referências culturais nas suas aulas, evite-os ou dê uma base antes para o aluno estrangeiro possam entender também. Se decidir por não usá-los, tente encontrar exemplos mais gerais, ou então pesquise alguma referência cultural do país de origem do aluno.

 

6 – Encoraja troca de culturas
Estimule os seus alunos a trocarem experiências e conversar sobre as diferenças culturas com o novo aluno. Não é sempre que existe a oportunidade de conversarmos com pessoas de outros países, e seus alunos podem aprender muito com essa chance.

 

7 – Evite assuntos polêmicos
Não abra discussões sobre política, religião ou cultura durante a sua aula. Pode ser que isso se torne bem difícil em certas aulas, como as de história e geografia, mas é importante que você demonstre profissionalismo e aborde o assunto da forma mais neutra e factual possível.

 

8 – Seja respeitoso
Acima de tudo, tenha respeito por toda e qualquer diferença cultural que posso haver entre você e seu novo aluno. Além disso, faça com que os outros alunos também respeitem.

 

 



Tags:
Comentar

Comentários

    Ver mais 20 resultados

    Comente

    Ver mais