Notícias

MEC considera incluir novos idiomas como opção no Enem

      
Crédito: Shutterstock.com
Crédito: Shutterstock.com

 

O governo brasileiro avalia a possibilidade de incluir outros idiomas, como o francês, o mandarim e o alemão, como opção na prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), de acordo com o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (12), após evento com o presidente da França, François Hollande.

 

Leia também:
» MEC cria plataforma de estudo online para candidatos ao Enem 2014
» Mapa de Itens do Enem aponta temas que o estudante não domina
» Todas as notícias sobre o Enem 2013

 

Atualmente, os candidatos à prova podem optar entre responder a questões de inglês ou espanhol. De acordo com Mercadante, o ministério fará um estudo para verificar a demanda dos estudantes por exame de francês no Enem.

 

Durante discurso em evento voltado para o intercâmbio de estudantes brasileiros e franceses, o presidente da França fez um apelo a Mercadante para que o francês seja incluído nas provas de acesso a universidades federais brasileiras. Segundo ele, existe um projeto de língua bilíngue na França, que propõe lecionar o português em diversas escolas.

 

Mercadante afirmou que se existir um volume significativo de estudantes que considerariam outra opção de idioma, existe a possibilidade de ampliar não apenas para o francês. O ministro destacou que o alemão e o mandarim, idioma falado na China, também poderão ser incluídos no exame.

 

 



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.