Notícias

Professor ensina a responder questões com cartazes publicitários no Enem 2014

      
Fonte: Universia Brasil
Fonte: Universia Brasil

As perguntas envolvendo cartazes publicitários têm sido cada vez mais comuns no Enem: só nos últimos três anos, por exemplo, oito questões envolveram o tema. Mas, o que os elaboradores do Exame pretendem avaliar com esse tipo de pergunta – e, melhor: como respondê-las? Para esclarecer as suas dúvidas, a Universia Brasil conversou com o professor de português Tiago Cruz, do Cursinho da Poli.

 

Leia também:
» Novo Raio-X do Enem: descubra os temas mais cobrados no Exame
» Veja dicas para gabaritar português no Enem 2014
» Confira as últimas notícias sobre o Enem 2014

 

Segundo o professor, a incidência dessas questões cresceu porque a propaganda se apropriou da linguagem poética, ou seja, de efeitos como rimas e palavras com sentido figurado. O grande desafio dessas questões está em identificar esses efeitos e interpretar a mensagem que eles transmitem.

 

Continua sem entender? Não se preocupe: veja como isso acontece na prática e aprenda:

 

 Comentário do professor: “Esse cartaz foi cobrado no Enem 2013. Ele foi feito para advertir sobre o aquecimento global, o que pode ser percebido por meio da imagem. Nele, o publicitário pergunta se o espectador realmente deseja conjugar o verbo derreter, mas, na verdade, a pergunta é uma metáfora que pergunta algo do tipo ‘você realmente quer compactuar com o aquecimento global?’. Portanto, o verbo conjugar foi usado no sentido figurado e convida a pessoa a refletir sobre a sua posição perante o problema ambiental.”

 

Veja também a pergunta a seguir, do Enem 2012:

 



O efeito utilizado nesse cartaz é diferente, como explica o professor: “Neste caso, percebemos que o publicitário utilizou o efeito da paranomase, ou seja, da rima. As palavras terminadas por “ável” constroem um efeito sonoro de rima, tradicional na poesia”.

 

Sobre o Enem 2014

As provas do Enem 2014 acontecem nos dias 8 e 9 de novembro para mais de 8,7 milhões de inscritos. O gabarito será divulgado até o dia 12 do mesmo mês. No dia 8 de novembro serão realizadas as provas de Ciências Humanas e Suas Tecnologias e Ciências da Natureza e Suas Tecnologias, que abrangem as disciplinas de História, Geografia, Filosofia, Sociologia, Química, Física e Biologia. A prova terá 4 horas e 30 minutos de duração, sendo contadas a partir do momento em que o aplicador autorizar o seu início.

 

O segundo dia de provas, 9 de novembro, está reservado para as provas de Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias, Matemática e Suas Tecnologias e a Redação, nas quais os candidatos serão avaliados em Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol, de acordo com a escolha feita no ato da inscrição), Matemática, Artes, Educação Física, Tecnologias da Informação e Comunicação. Para que o aluno tenha tempo de redigir o texto, a prova terá 5 horas e 30 minutos de duração.

 

Nos dois dias de provas os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h (horário de Brasília). Recomenda-se que os candidatos cheguem até às 12h, pois após o fechamento dos portões fica proibida a entrada de qualquer participante. Veja um guia prático do Enem aqui.



Tags:

Aviso de cookies: Nós usamos cookies próprios e de terceiros para melhorar os nossos serviços , para análise estatística e para mostrar publicidade. Se você continuar a navegar considerar a aceitação de seu uso nos termos estabelecidos nos Política de Cookies.